Conheça dicas para perder barriga

RENATA SPALLICCI

Fitness

22/02/2018

Dez dicas matadoras para dar adeus a sua barriguinha

Chega de técnicas milagrosas para dar adeus à gordura abdominal! Saiba como fazer isso de forma natural, sem remédios e sem cirurgia.

Um dia desses, uma leitora me mandou uma mensagem pedindo ajuda para perder barriga! Ela me disse que já havia tentado vários métodos, mas que nada havia resolvido, e que estava até mesmo pensando em fazer cirurgia!

Ela já tinha tentado fazer cem abdominais diários, cortado as calorias drasticamente, utilizado pílulas e cremes queimadores de gordura, e nenhuma dessas técnicas estava dando resultado.

O sonho da barriga chapada

Dicas para perder barriga

Como sei que esse problema não é específico desta minha leitora, mas de muitas pessoas que tentam perder barriga e não conseguem, resolvi escrever um artigo com as dez principais dicas para quem quer deixar para trás  as gordurinhas da cintura.

Porque uma coisa é certa! Se você não está conseguindo perder a gordura abdominal, certamente está usando a abordagem errada. Você não precisa de abdominais sem fim, mil suplementos, morrer de fome, ou pior, entrar na faca. Aqui estão as dez melhores maneiras de perder a barriguinha de forma rápida e natural.

As minhas dez dicas infalíveis são:

 

  1. Pare de fazer abdominais para perder a barriga

Este tipo de exercício fortalecerá seus músculos do estômago, mas não queimará a gordura da barriga que os cobre. A redução da gordura, por intermédio do exercício abdominal, é um mito. Você está perdendo tempo e esforço fazendo 200 abdominais diários.

Além disso, o excesso deste exercício também pode causar dor lombar e outros problemas posturais.

 

  1. Pegue pesado na academia

Ao invés de perder tempo se concentrando apenas no seu abdômen, treine seu corpo de forma uniforme, buscando o ganho de massa. Com treinamento de força, você constrói massa muscular, evita a perda de massa magra e ajuda a perda de gordura, em todo o corpo, incluindo a terrível barriguinha.

 

  1. Coma de forma saudável

Como diz o ditado, os “abdominais são construídos na cozinha”. Você pode treinar duro e construir lindos músculos abdominais, mas, se você comer comida trash durante todo o dia, não perderá a gordura da barriga. Pare de comer alimentos processados e concentre sua dieta em alimentos naturais, como os citados abaixo:

Proteínas – Carne, aves, peixe, soro de leite, ovos, queijo cottage…

Vegetais – Espinafre, brócolis, salada, couve…

Frutas –  Banana, laranja, maçã, abacaxi, peras …

Gorduras – Azeite, óleo de peixe, manteiga real, nozes…

Carboidratos –  Arroz integral, aveia, macarrão integral, quinoa, …

 

  1. Limite o consumo de álcool

Para perder a gordura da barriga, o que você bebe é tão importante quanto o que você come. Um pouquinho de álcool, de vez em quando, até tudo bem. Mas esqueça a perda da gordura da barriga, se você bebe cerveja diariamente.

Os bebedores de cerveja sempre têm uma forma de pera, especialmente à medida que envelhecem. O álcool também sobrecarrega seu fígado, já que ele tem que fazer trabalho dobrado para limpar as toxinas. E, sobrecarregado, ele terá mais dificuldades para atuar na construção de músculos.

Um drink na sexta-feira e sábado à noite é o máximo que você pode se permitir. No resto dos dias: água, água com limão espremido, chá verde, etc. Ou isso, ou se esqueça de perder a gordura da barriga.

 

  1. Coma menos carboidratos

Você precisa de carboidratos para obter energia. O problema é que a maioria das pessoas come mais carboidratos do que o necessário. Seu corpo vai armazenar os carboidratos que não precisa, em forma de gordura. Frequentemente é assim que você ganha gordura abdominal.

A menos que você seja uma pessoa muito magra, e que  precisa ganhar peso, abaixe a ingestão de carboidratos. Continue comendo frutas e vegetais com cada refeição. Mas corte as batatas, macarrão, arroz, pães…

 

  1. Coma mais

Isso mesmo! Comer bastantes alimentos saudáveis ​​não vai fazer você ficar gordo. Especialmente se você treinar de duas a três vezes por semana. Morrer de fome é o erro número 1 dos enganos nutricionais. A nutrição saudável é importante por fornecer energia, ajudar na perda de peso e para manter seus músculos.

Se você morrer de fome, seu corpo queimará músculos para obter energia. Sentir fome significa que você não está comendo o suficiente. Não se preocupe com calorias, mas sim,  em consumir alimentos saudáveis.

 

  1. Coma mais proteínas

A proteína possui um efeito térmico maior do que outros alimentos, ou seja, seu corpo queima mais proteínas para processar energia do que faz com carboidratos e gorduras. É por isso que as dietas ricas em proteínas funcionam bem ao queimar a gordura da barriga.

 

  1. Coma mais gordura

A gordura não faz você ficar gordo.  Má alimentação e falta de exercício é que fazem. Comer gordura realmente ajuda a perder gordura, e você pode saber mais sobre isso no meu artigo “a importância da gordura na perda de peso”.

Seu corpo não vai acumular gordura tão facilmente, se você lhe fornecer uma ingestão constante de gorduras saudáveis. Uma das mais indicadas para perder barriga é o óleo de peixe. Ele naturalmente aumenta os níveis de testosterona e aumenta a perda de gordura (6g ômega-3 por dia é um bom começo).

Fique longe das gorduras gordurosas trans, presentes em produtos como a margarina. As gorduras trans gordurosas são ruins para sua saúde e também para a sua barriga. Coma alimentos inteiros, não processados, ​​90% do tempo, como eu recomendo na dica 3. Assim,  você evitará facilmente as  gorduras gordurosas trans.

 

  1. Reduza a sua gordura corporal

Uma má notícia é que a barriga normalmente é o último lugar em que  você se  livra da gordura. Se estiver acima do peso, você terá que baixar sua gordura corporal geral, primeiro, para depois perder a gordura da barriga. Agora, se você tiver menos de 15% de gordura corporal, comer de forma mais saudável e ganhar massa magra, isso vai ajudá-lo na luta contra os pneuzinhos.

  • Mantenha-se motivado

Olhar para a sua barriga diretamente, ou no espelho, vai lhe proporcionar um feedback impreciso. Afinal, o que você vê será influenciado pela ingestão de alimentos daquele dia, retenção de água, luz e sua própria percepção.

Por isso, tenha a fita métrica como sua principal aliada. A cada duas semanas, tire medida da sua cintura e veja os resultados. Faça fotos de si mesmo também quinzenalmente: de frente, costas e lateral. As imagens laterais mostrarão melhor as mudanças.

Certamente, suas calças começarão a ficar mais soltas, e isso também é um ótimo indicativo.

E lembre-se: o sucesso gera sucesso. Acompanhe o progresso com precisão, para que você saiba onde você está e fique motivado a continuar trabalhando para perder a barriquinha e ter um corpo com o qual  sempre sonhou.

E aí,  curtiu as dicas? Mas só ler não vai fazer sua barriga chapar hein? Você precisa praticar e trabalhar duro para chegar lá! Aceita o desafio? Que tal, então, começar agora mesmo a mudança de hábitos?

 

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Renata Spallicci

 

Leia também:

Saiba como obter um abdômen 6 pack

Meu treino para abdômen

Como conquistar aquele abdômen trincado dos sonhos

 

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

www.renataspallicci.com.br
www.fitdobem.com.br
www.dosonhoarealizacao.com.br