Renata Crossfit

RENATA SPALLICCI

Fitness

22/10/2015

CrossFit: a nova tendência fitness

Garantindo emagrecimento e força, programa de condicionamento virou uma verdadeira febre no Brasil. E o melhor: pode ser praticado por pessoas de todos os perfis.

O treinamento dos agentes secretos?

A história não é oficial, mas há quem diga que o CrossFit, programa de treinamento que virou uma verdadeira febre no Brasil e no mundo, foi criado pela CIA para treinar agentes secretos para missões impossíveis.

Se isso tem algum fundo de verdade ou é um pouco de “lenda”, sinceramente, não podemos responder. Mas que o treinamento é utilizado pelas forças armadas americanas e pelas polícias táticas, como a Swat, isso é comprovado. E, se esse pessoal se prepara fisicamente com este programa, ele não deve ser moleza!

Mas, afinal, o que é o CrossFit?

Pela definição da CrossFit Brasil, trata-se de um programa de treinamento de força e condicionamento geral que proporciona a mais ampla adaptação fisiológica possível para qualquer tipo de pessoa, independentemente de idade ou nível físico, gerando, assim, uma maior otimização de todas as capacidades físicas, como resistência cardiorrespiratória , resistência muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão. Coisa para integrantes das forças armadas mesmo, né?

Que nada! Um dos fatores de sucesso do CrossFit é justamente que, ao contrário do que pode parecer, a pessoa não precisa ser um superatleta ou agente secreto para fazer o programa. Ele é indicado para todos os perfis de pessoas, desde que seja adaptado a cada realidade.

É o que explica Bruno Rodrigues, professor de CrossFit Level 1. “O treinamento é realizado de acordo com o perfil dos alunos e é dividido em três partes: aquecimento, geralmente com o peso corporal; depois, fazemos uma parte técnica para desenvolver as habilidades nas modalidades que aplicamos e, por fim, o chamado ‘work out of the day’ (treino do dia), que é quando o CrossFit realmente bomba em intensidade e força.”

Abordagem inovadora e resultados satisfatórios

A prática, criada por Greg Glassman, em 1995, em Santa Cruz, na Califórnia (EUA), trouxe uma nova perspectiva para o exercício físico, propondo um regime de movimentos funcionais, constantemente variados e realizados em alta intensidade, para levar à saúde e ao condicionamento físico.

Apresentando resultados altamente satisfatórios, o programa vem sendo utilizado, inclusive, por atletas olímpicos do Brasil e do mundo, para a melhora do condicionamento físico e de performance. Entre os atletas brasileiros que utilizam o treinamento em suas preparações, estão o maior campeão pan-americano de todos os tempos e medalhista nas Olimpíadas de Londres em 2012, o nadador Thiago Pereira, o também nadador Nicolas Oliveira, que disputou a Olimpíada de Londres, em 2012, e está se preparando para os Jogos do Rio, em 2016, além da amazona Beatriz Alvez e do judoca Luciano Corrêa.

 

Renata Crossfit

 

Diferenciais

Vale lembrar que o CrossFit só pode ser aplicado por professores credenciados, em academias certificadas (chamadas de box CrossFit), e um dos seus principais diferenciais é a diversificação, uma vez que une inúmeras modalidades esportivas como ginástica olímpica, levantamento de peso, remo indoor, exercícios aeróbios, entre outras disciplinas. Hoje, o programa está presente nos cinco continentes e conta com quase 12 mil academias certificadas.

Outro diferencial é o caráter de grupo das aulas, criando vínculo entre os praticantes. É o que explica Iran Gregório, praticante da modalidade há três meses, em um box CrossFit do Morumbi. “Como todos fazem os mesmos exercícios, com as respectivas adaptações para o limite de cada um, há nas pessoas um espírito de cooperação e de estímulo, durante a aula. Quando alguém demora mais em um exercício, por exemplo, há todo um movimento de incentivo dos professores e do grupo. É realmente muito bacana”, comenta o analista de Sistemas.

O empresário Gabriel Falsarella, de 26 anos, sempre foi um pouco arredio com academias, mas se encontrou no CrossFit e há dois anos é praticante assíduo. “Nunca tive muita paciência para fazer musculação. Aí, fui conhecer o CrossFit e curti muito. É uma energia diferente, a turma se ajuda muito, e a aula é muito dinâmica e intensa. Sempre tive problema com a manutenção do peso, mas o CrossFit me ajudou muito a conseguir manter minhas metas”, revela.

A executiva Aline Pontes Lima, de 34 anos, pratica a modalidade há um ano e destaca que, ao iniciar no programa, mudou até mesmo alguns hábitos. “Se você tem interesse em evoluir seu desempenho, é quase que obrigatória uma dieta balanceada e adaptada para você, pois o gasto calórico e energético é alto. Com isso, alguns hábitos também acabam se modificando naturalmente. Conheço inúmeras pessoas que eram extremamente boêmias, com hábitos prejudiciais, como bebida alcoólica em excesso e alimentação inadequada. Ao se apaixonarem pelo CrossFit, equilibraram bastante esse outro lado também. É por isso que a gente costuma falar que o CrossFit é para qualquer pessoa, mas não é para qualquer um. Este esporte tem uma propensão maior a levar o praticante aos próprios limites, sejam físicos (cansaço, dor, fadiga) ou mentais (humildade, vulnerabilidade, cooperação) e nem todo mundo está disposto. Mas, quando você se dispõe, é uma experiência realmente muito bacana”, finaliza.

Para quem quiser iniciar no programa, a indicação é que o treino seja realizado em dias alternados. Depois, com o desenvolvimento, o aluno poderá treinar diariamente e, quem sabe, se tornar um novo 007.

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

www.renataspallicci.com.br
www.fitdobem.com.br
www.dosonhoarealizacao.com.br