Treinamento Xbody

RENATA SPALLICCI

Fitness

01/11/2018

Xbody – tecnologia a serviço do corpo!

Conheça a nova tecnologia que permite em 20 minutos ter os mesmos resultados de 90 minutos em um treino convencional, tonificando o corpo e queimando gordura

Gente! Vocês conhecem o Xbody, um sistema de treinamento de alta tecnologia que trabalha com a contração muscular usando impulsos elétricos? Noooossa! Eu estou em minha quinta sessão e estou amando! E como adoro compartilhar as novidades com vocês, hoje vou contar mais sobre esta modalidade de treino! Vamos lá?

O princípio da tecnologia

Treinamento Xbody

Dos anos de 1960 a 1980, o mundo viveu na chamada “Guerra Fria”. Era um planeta dividido entre Estados Unidos e União Soviética, e o esporte era um dos tabuleiros de embate entre as duas nações. Por isso, ambos os países investiam muito em seus atletas… Afinal, cada medalha olímpica simbolizava a supremacia de um estilo de vida sobre o outro!

E foi nesse período que os russos começaram a trabalhar com a estimulação muscular como um método fisioterapêutico para tratar seus atletas de ginástica olímpica que, devido a uma carga exagerada de treinamentos, se lesionavam frequentemente.

O princípio do que, posteriormente, ficou conhecido como “corrente russa” era utilizar ondas de energia com índice de hertz baixo, para que elas pudessem causar um ciclo de contração, inflamação, recuperação e, assim, abreviar o tempo de regeneração muscular. A tecnologia ganhou notoriedade e logo passou a ser um método fisioterapêutico usado em todo o mundo para tratar lesões em sistemas musculares isolados.

Talvez muitos de vocês já tenham colocado eletrodos em partes do corpo para tratar lesões, não é mesmo?

Mas, com o passar das décadas, a tecnologia foi se desenvolvendo e há cerca de 10 anos, uma empresa alemã, chamada Miha, desenvolveu o primeiro sistema de eletroestimulação muscular na forma fullbody. Ou seja, não somente para um sistema isolado, mas para todo o corpo. Logo, outra empresa húngara desenvolveu o sistema XBody, que utiliza o mesmo princípio. E é este o sistema que tenho utilizado aqui no Brasil!

Como funciona

Como vocês já devem saber, para criarmos músculos precisamos estimulá-los,  a fim de que  haja o rompimento das fibras musculares. Ao se regenerarem, essas fibras ficam maiores, o que causa a hipertrofia (explicando de forma beemmmm simplificada). E como fazemos isso? Treinando com pesos, uma vez que  este treino faz com que nossos músculos se contraiam e deem início ao processo descrito acima, certo?

Mas, e se conseguíssemos a contração dos músculos sem a necessidade do uso de pesos? Este é exatamente o princípio da tecnologia XBody! Utilizando aquela máxima que eu abordei no início do artigo – de contrair os músculos por meio de estímulos elétricos-, o sistema proporciona que trabalhemos mais de 350 músculos ao mesmo tempo e de uma forma bem mais profunda!

Pode parecer um pouco complicado esse papo de estimulação muscular mediante estímulos elétricos, algo meio de ficção científica, né? Mas a verdade é que é bem simples!Os impulsos são gerados por um dispositivo e entregues para o nosso corpo, por meio de eletrodos que são colocados na superfície da pele, acima dos músculos a serem estimulados. Os impulsos fazem com que os músculos se contraiam, de modo que o resultado é semelhante ao movimento real e às contrações regulares dos músculos.

Durante o treinamento de força tradicional, o cérebro envia impulsos que estimulam certos músculos a se contraírem. No entanto, nem todos os músculos têm uma conexão bem desenvolvida com o cérebro, e esses músculos não são ativados tão facilmente. Portanto, não se desenvolvem tão bem.

O treinamento EMS estimula todos os principais grupos musculares e também ajuda a desenvolver as conexões nervosas motoras relacionadas ao movimento muscular. Ao enviar impulsos elétricos diretamente para esses nervos motores, até os músculos fracamente conectados são ativados.

E, para isso, a gente usa um colete cheio desses eletrodos que fica ligado por fios ao dispositivo, além de uma roupa de lycra especial! Me sinto até meio a Viúva Negra com esta roupa! Haha…Para utilizar o sistema, é necessário que haja um personal trainer habilitado, caso dos meus queridos Thiago e Luiza Guirra que preparam o treino para mim!

Indicações

Endobody

Eu faço os meus treinos de XBody na clínica do Dr. Alexandre Ferreira, médico endocrinologista,  que foi um dos pioneiros ao trazer a tecnologia para o Brasil!

Ele conta que o sistema é indicado para todos os tipos de pessoas, desde aquelas que treinam regularmente e são atletas, como eu, até para os sedentários. Claro que para cada pessoa existe  uma indicação. Eu, por exemplo, estou treinando com o Xbody uma vez por semana.

“Quem treina todos os dias, como a Renata, deve utilizar o Xbody como um treino associado, para dar mais ênfase a determinados grupos musculares”, explica o Dr. Alexandre. Realmente, eu trabalho no Xbody praticamente só glúteos e posterior de coxa!

Mas, segundo ele, quem treina com menos intensidade pode fazer uso do treino até duas vezes por semana e para o corpo todo. “Outra recomendação bastante positiva do Xbody é para quem é sedentário. O sistema pode ser uma excelente opção para a pessoa voltar à rotina das atividades físicas e depois associar ao treino convencional”, sugere.

Dr. Alexandre Ferreira - Endocrinologista Endobody

A única contraindicação do aparelho é para portadores de marcapasso. “Mesmo pessoas com diabetes, cardiopatias, e idosos, podem utilizar o sistema desde que avaliadas e com um treino específico para elas”, revela.

Benefícios

Bom, o primeiro grande benefício do XBody é a qualidade do treino em si, como já mostrei, mas há outro grande conveniente: são somente 20 minutos de treino!

Um recente estudo do American College, que periodicamente aponta as tendências dos exercícios físicos, apontou que treinos rápidos e consistentes são a grande demanda em tempos nos quais a gente vive correndo! Logo, mais um ponto a favor do treinamento!

Ah! E  mais! Além de ajudar na hipertrofia, o treino produz um alto gasto calórico! Como as fibras musculares são ativadas em uma ordem não regular com o EMS Training, um nível mais intenso de treinamento é ativado desde o início, o que cria mais fibras musculares em um ritmo acelerado. Um tecido muscular mais ativo requer mais consumo de energia que, portanto, queima mais calorias, mesmo em repouso!

Os benefícios do treinamento

Beneficios do treinamento Xbody

Apaixonada por novidades!

Mas não se engane, viu?! O treino é supercansativo, apesar dos vinte minutos!! Por isso, os resultados realmente aparecem! Claro que, associado à alimentação e a um treinamento convencional, os resultados conseguidos serão ainda melhores!

Bom, acho que com a ajuda valiosa do Dr. Alexandre consegui explicar para vocês tudo sobre o treinamento! Eu estou curtindo muito, até porque sou uma apaixonada por novidades e por tecnologia. E,  sempre que possível,  tento agregar todas as novas tendências ao meu treino!

Já fiz teste genético, como contei no artigo Quer melhorar seu treino e nutrição? Eu fiz o teste de DNA e aprovei, experimento tudo de novo que surge e agora tenho no XBody mais um aliado!

Gostaria de agradecer ao Dr. Alexandre pelas explicações e por manter com tanto carinho o espaço onde eu treino semanalmente E também ao casal Guirra que me faz pegar pesado e entra sempre comigo nessas novidades!

Leia também:

A fadiga muscular

Quer melhorar seu treino e nutrição? Eu fiz o teste de DNA e aprovei

Como ganhar massa e definir o corpo

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

 

 

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

www.renataspallicci.com.br
www.fitdobem.com.br
www.dosonhoarealizacao.com.br