RENATA SPALLICCI

Realização

27/06/2017

Autoconhecimento é a chave para o crescimento pessoal

Um mergulho profundo no seu eu interior é a arma mais poderosa para uma vida mais plena e completa.

Uma das perguntas que mais ouço da plateia em minhas palestras ou vinda dos meus coachees é: “o que eu considero mais importante para o desenvolvimento pessoal”? É claro que esta pergunta pode ter inúmeras respostas, mas, se eu tiver de escolher somente uma, e que eu considero a mais relevante, certamente, é o autoconhecimento. Afinal, só conhecendo profundamente a nós mesmos, aumentamos nossas chances de entender nossos sentimentos e de saber lidar com nossas emoções.

O autoconhecimento nos leva a identificar e saber controlar nossas emoções negativas, nos ajuda a conhecer o que nos faz sentir felizes e realizados e tudo o mais que nos afeta emocionalmente em nosso dia a dia.

Ao compreender o que se passa dentro de nós, conseguimos lidar melhor com todas as esferas da vida – relacionamentos, carreira, saúde, finanças, enfim, tudo aquilo que pode ser fortalecido para atingirmos um maior desenvolvimento pessoal.

E é sobre isso que vou discorrer neste artigo, abordando o quanto é importante a jornada do autoconhecimento para compreender e minimizar a ação dos nossos pontos fracos, maximizar aqueles que já são fortes, e ainda fazer do aprendizado uma constante, para que possamos nos conhecer melhor a cada dia, e assim, alcançarmos uma vida mais completa e plena.

 

O início da transformação

Realização - Veja como o autoconhecimento pode ajudar você

No meu livro Do Sonho à realização eu conto todo o processo que me levou a uma profunda viagem ao meu eu interior, em uma jornada de mais de quatro anos de autoconhecimento, e o quanto isso foi um divisor em minha vida e na construção da pessoa que sou hoje.

 E é com base nessa minha experiência pessoal que digo, sem medo errar, que o autoconhecimento é o início para qualquer transformação significativa que pretenda realizar em sua vida.

 Só por meio dele você é capaz de identificar suas dificuldades e desafios emocionais, medos ou crenças limitantes. E, ao fazer tal jornada, você entrará em contato com seus mais ricos recursos internos, como coragem, entusiasmo e inteligência para vencer todos os tipos de limitações, conhecendo, assim, todo seu verdadeiro potencial.

 

Supere suas crenças limitantes

Um dos pontos essenciais em sua busca pelo autoconhecimento será identificar e superar as suas crenças limitantes que são pensamentos e interpretações considerados verdadeiros, mas que, na verdade, são falsos e impedem  sua vida de se tornar melhor.

As crenças limitantes podem impedir que você tenha mais saúde, minar os seus relacionamentos e atrapalhar sua prosperidade. Podem limitar o aprendizado de uma língua, de uma nova tecnologia, ou ser empecilho para que você siga a sua vocação. É algo tão sério que pode bloquear a sua chance de ser feliz, de ter alegria e que, em última análise, pode levá-lo a uma vida de doença e sofrimento.

Quando você fala: “ah, mas eu não consigo fazer isso porque não eu não levo jeito”, é uma crença limitante que pode impedi-lo de conhecer totalmente o seu potencial! As crenças limitantes são adquiridas de várias formas: a partir de coisas que ouvimos de outras pessoas (pais, igreja, imprensa, professores, médicos, amigos, etc.) ou a partir de experiências de sofrimento que vivemos ou de experiências de outras pessoas que observamos.

E elas funcionam como um programa no seu inconsciente. Elas moldam a forma como você vê e interpreta o mundo e interferem de forma decisiva em suas escolhas. Você pensa que está escolhendo, mas, no fundo, suas crenças estão fazendo escolhas por você e criando a vida que você tem. A sua realidade, seja ela boa ou ruim, é um reflexo direto das crenças que carrega.

E qual a melhor maneira de superar tais crenças? Identificando-as!E isso só é possível quando nos conhecemos profundamente!

 

Tenha sempre autoconfiança

Usar a autoconfiança, acredite, é uma tarefa que exige muito esforço. Pessoas, situações, eventos da vida, sempre vão colocar barreiras no caminho de seus objetivos e serão testes para que você continue se mantendo confiante em suas potencialidades.

É nesses momentos que podemos usar o autoconhecimento como fonte de inspiração. Quando conhecemos nossas forças, criamos a certeza absoluta de que encontraremos meios para superarmos toda e qualquer dificuldade.

E, quando se deparar em uma situação dessas, se pintar dúvida sobre a sua capacidade de superar aquele momento, lembre-se de outros instantes difíceis que já viveu e recupere as forças que utilizou naquela situação, a fim de solucioná-los novamente.

Apoiar-nos na experiência de outras pessoas também pode ser uma boa estratégia e, com a tecnologia de hoje, podemos encontrar centenas de milhares de indivíduos que usaram o autoconhecimento de forma brilhante e nos servirmos desses exemplos como fonte de inspiração.

 

Eu separei 4 filmes super legais sobre autoconhecimento.

Clique aqui para visualizar a lista!!

 

Potencialize seus pontos fortes

Muitas pessoas, na jornada do autoconhecimento, identificam pontos que requerem mais atenção e se esquecem de maximizar os pontos que já são fortes. Na verdade, muitas focam apenas em seus pontos fracos. E isto não é culpa delas. Às vezes, é culpa do próprio sistema (condicionamento social). Afinal, a sociedade nunca nos ensinou que deveríamos desenvolver nosso autoconhecimento e sermos pessoas felizes e realizadas.

Por este motivo, devemos usar nosso autoconhecimento para descobrir em que pontos devemos melhorar. E, simultaneamente, maximizar os pontos fortes, ou seja, utilizá-los como recursos. Se você já realiza algo bem (talvez com excelência), use este “ativo” para alavancar seus resultados.

 

Seja humano! Tudo bem sentir raiva!

 Nem todas nossas emoções são bonitas, românticas e nobres. Afinal, somos humanos, vivemos em uma sociedade cada vez mais acelerada, em cidades violentas e perigosas, enfim, em um ambiente propício ao estresse. E vamos combinar, tem horas que não dá pra segurar a onda e a gente explode! Aquele momento de estresse, de raiva… às vezes no trânsito, às vezes com a atendente da operadora, outras, na fila do caixa, e algumas tantas justamente com as pessoas que mais amamos =(

Nem sempre tudo vai estar tudo bem. Vai haver aqueles dias em que não estamos legal, e precisamos entender isso: tudo bem às vezes não estar tudo bem!

O que não pode acontecer é essas emoções negativas, como a raiva, o medo, a ansiedade, se manifestarem de maneira exacerbada, sem uma situação que, de alguma forma, as justifique.

Mediante o autoconhecimento, aprendemos a identificar e reconhecer que temos lá nossas “feiúras” interiores, e aceitar isso é o caminho mais curto para gerenciar as emoções e mudar nosso comportamento.

 

Ache seu ponto de equilíbrio

O caminho para a realização e plenitude não está em fugir ou esconder as emoções negativas, mas em alcançar o equilíbrio entre nossas emoções positivas (como contentamento, alegria, gratidão, desfrute e amor) e as negativas (como medo, raiva e desgosto).

Em meu artigo psicologia positiva, saiba como mudar a sua vida, cito a pioneira em Psicologia Positiva, Barbara Fredrickson, professora da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que fala em uma proporção ideal – de 3 para 1. Ou seja, 75% de emoções positivas e 25% de emoções negativas.

Para ela, lidar com as emoções é como navegar: pessoas que prosperam passam pela vida usando tanto a vela quanto a quilha. Emoções positivas lançam vento em nossas velas, dando direção e impulsionando nossas ações; emoções negativas são como a pesada quilha que, abaixo da superfície da água, ajudam a manter o equilíbrio e nos direcionam.

Acredito e procuro colocar isso em prática: precisamos trazer para a nossa vida uma proporção maior de amor, de emoções, de sentimentos e vivências boas.  Se trilharmos esse caminho, vamos conseguir uma vida mais equilibrada, com menos estresse e, certamente, mais feliz!

 

Aprenda sempre

Se você está lendo este artigo, certamente é porque é uma pessoa que está sempre em busca de melhorias. Caso seja verdade, então você e eu somos pessoas muito parecidas. Estamos sempre em busca de autoconhecimento.

E, quando aprendermos sobre nós mesmos, encontraremos melhores soluções para diversas áreas da nossa vida. Descobriremos novas formas de agir e, com mais opções, adquiriremos autoconfiança.

Pessoas produtivas, geradoras de resultados, fazem do aprendizado constante um objetivo. Elas estão sempre aprendendo, nunca param de aprender, o que talvez seja o segredo do sucesso delas. Afinal, o autoconhecimento, assim como o aprendizado, requer pratica constante.

Podemos ter grandes ideias e, mesmo assim, não gerarmos resultados. O que nos trará qualquer tipo de resultado positivo é, sem duvida, a prática constante. Haverá momentos de dificuldades no aprendizado. Quando ocorrerem, devemos nos lembrar de que o autoconhecimento é um processo constante, e que dificuldades e obstáculos podem ser superados com empenho e prática.

Autoconhecimento - Veja as formas de buscar o autoconhecimento e crescer pessoalmente

Compartilhe conhecimento

O nosso crescimento pessoal, por incrível que pareça, também depende de nossa contribuição na vida de outras pessoas. Líderes renomados são pessoas que alcançaram o autoconhecimento, capazes de ajudar e causar extraordinário impacto positivo na vida daqueles que os rodeiam.

No entanto, para estarmos aptos a ajudarmos o outro, primeiramente precisamos conhecer bem a nós mesmos. Elimine os padrões de autossabotagem e as crenças limitantes de sua vida e busque em seu interior aquilo que tem de melhor.

Ao fazer essa viagem e essa descoberta, certamente um novo mundo se descortinará para você e, nesse momento, assim como eu, você vai querer propor uma nova forma de enxergar a vida àqueles que o cercam, inspirando e levando essa corrente do despertar de uma nova consciência para mais e mais pessoas!

 

Leia também:

Meu livro Do Sonho à realização vai transformar a sua vida

A força e o poder da gentileza em nossas vidas

O poder da curiosidade

Busque seu propósito. Deixe  seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br