Autoconhecimento

O comprometimento com a realização

Tomar decisões, ser protagonista da própria vida e acreditar em seus sonhos. Conheça estes e outros pontos que Renata Spallicci acredita serem fundamentais para a busca de resultados.

 21 de julho de 2016
6 min de leitura

O comprometimento com a realização

Há uma frase que eu gosto muito:  “o que você faz para ser feliz? Eu tomo decisões”. Nossa vida é um eterno processo de escolhas e, ao optarmos por tomar nossas próprias decisões, nos tornamos protagonistas e não personagens coadjuvantes de nossas vidas.

Desde que me conheço por gente, sempre fui aquela pessoa que, quando decide sobre algo, vai até o fim.  Não gosto de coisas feitas pela metade e de desafios abandonados pelo caminho. Não consigo ficar em paz com minha consciência, se sei que me propus a fazer algo e não  realizei. Porque sei que, no fim do dia, as coisas pelas quais mais nos arrependemos são aquelas que simplesmente não fizemos.

Ter sucesso ou fracasso naquilo que você se propôs a fazer não pode ser algo que o motive ou impeça de perseguir o seu objetivo. O importante é buscar o resultado, realizar e concretizar, porque a jornada é sempre mais importante que o destino. Se fizermos só aquilo que nos dá  certeza do sucesso, não nos desafiaremos o suficiente, não conheceremos nossos limites e não teremos a capacidade total de realização. Realizar é ir além, é propor algo novo, é tentar  superar o que outros já fizeram, mas, principalmente, é  superar o que você já fez. Não coloque ou trace seus objetivos pelo outro. Estabeleça suas metas e desafios guiado por seus sonhos, suas vontade e desejos e, aí sim, sua capacidade de realização será maior. Porque, afinal, é muito mais fácil nos esforçarmos pelo amor do que pela dor!

Não acredito que a vida seja feita de fórmulas e receitas. Cada pessoa tem uma forma de buscar os seus desafios e de concretizá-los, por isso, as dicas que darei a seguir não pretendem ser um modelo de referência. Aliás, que bom seria se a vida fosse repleta de manuais e fórmulas para seguir. Mas ela não é! E aí é que está a graça de tudo! Não existe um único caminho para nada, tudo pode ser reescrito, e cada pessoa pode estabelecer seus objetivos e buscá-los de  determinada maneira. Portanto, listo abaixo os pontos que sempre foram significativos  para mim e que me proporcionam o comprometimento com a realização. Pode ser que funcione com você, pode ser que não. Mas o importante é: agindo dessa ou de outra maneira, faça, realize, desafie-se, acredite em seu sonho e busque seus objetivos!

 

Defina seu objetivo de forma simples e específica

Como lembra a célebre frase do livro Alice no País das Maravilhas que diz: “Se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”. Então,  o primeiro passo é estabelecer um objetivo claro e específico.

A partir da consciência disso, você conseguirá direcionar melhor a sua energia e atenção para fazer aquilo que precisa ser feito. Além disso, pense também nos obstáculos que possam surgir ao longo do percurso, tanto externos (mercado, pessoas) como internos (pensamentos, emoções, crenças).

 

Planeje primeiro e depois comece a realizar

Objetivo definido, trace uma estratégia de como fará para alcançá-lo. Ter comprometimento com a realização não tem nada a ver com fazer as coisas no atropelo e sem um planejamento adequado. Realizar  e planejar são ações que caminham lado a lado. Feito isso, principie  a sua caminhada e não fique esperando as condições ideais para começar.

 

Inicie sua jornada e crie as condições necessárias para você obter sucesso. Comece de preferência pelo que for mais fácil, pois, desta forma, você vai concluir este pequeno passo sem muitas dificuldades e se motivará para seguir em frente.

 

Coloque um prazo determinado

Todo projeto precisa ter começo, meio e fim. Se você  se propuser a efetivar  algo, será necessário colocar um prazo para  realizá-lo. Esta é a diferença entre um projeto e um sonho. Ter uma meta final e “fatiá-la” em pequenas metas ao longo do percurso vai lhe dando a sensação de etapas cumpridas e motivação para alcançar o resultado final.

 

Aja como protagonista

Duas tendências básicas do ser humano: vitima ou protagonista. Cada uma das duas representa uma lente diferente por meio das quais fornecemos explicações para o que  acontece em nossas vidas. Quanto mais você se responsabilizar por resolver as situações, maior será sua capacidade de reação e,  consequentemente, maior será a capacidade de realização. Seja protagonista de suas ações!

 

E mais importante que tudo! Acredite que você pode e que  conseguirá. Há uma frase de Henry Ford que diz: “Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma você está certo”. Por isso, opte sempre por pensar que pode! Cuidado com as crenças limitantes que, muitas vezes, os outros incutiram em você: “isso não dá”, “você não vai conseguir”, “isso não é para você”. Estabeleça  as próprias crenças e acredite no seu sonho! Acreditar: esta é a principal chave para realizar.

 

 Leia também

 Seis passos que vão mudar sua vida para melhor

A vida que vale a pena ser vivida

Propósito de vida

Aceite-se, mude e brilhe

Em busca constante pelo autoconhecimento

Busque sempre o seu propósito 

Busque seu propósito. Deixe  seu legado.

Rê Spallicci