Carreira

Dicas de como conciliar duas carreiras

Renata Spallicci comenta sua experiência com várias atividades e dá dicas para quem quer conciliar mais de uma carreira.

 4 de novembro de 2016
10 min de leitura



Quem me conhece e me acompanha sabe a quantas atividades eu me dedico. É minha carreira de executiva na Apsen, minha atividade de atleta, meu site e blog, minhas redes sociais, o Fit do Bem! Noooossa! E isso só na vida profissional! Olha, é muita coisa!

Mas eu percebo que este não é um privilégio só meu! Estamos vivendo um período de profundas mudanças nas relações de trabalho em todo o mundo, o que vem acarretando em modificações também na forma como nós nos relacionamos com nossas carreiras.

Cada vez é mais comum vermos pessoas que se dedicam a mais de uma carreira pelos motivos mais diversos: pessoas que precisam de duas profissões por uma necessidade financeira, que têm alguma paixão, mas que não conseguem sobreviver disso e acabam associando essa atividade a outra mais rentável, pessoas que estão em transição de uma carreira para outra, ou profissionais empreendedores que, como eu, são inquietos e estão sempre buscando  novas oportunidades.

Mas, seja qual for a motivação, o que percebo em comum em todas as pessoas que, como eu, se dedicam a mais de uma atividade, é uma boa capacidade de gestão do tempo, foco e disciplina. Afinal, se um trabalho já exige muita organização, o que não dizer de duas atividades e, muitas vezes, bastante distintas? Um dos segredos que considero eficaz para conseguir dar conta disso tudo é saber elencar suas atividades e priorizá-las. O maior risco de quem tem mais de uma carreira é acabar não dando conta de nenhuma das duas, mas acredito que, com inteligência e dedicação, é possível, sim, levar ambas com a mesma qualidade!

Por isso, tenho uma agenda rigorosamente planejada na qual coloco todas as minhas atividades e as cumpro integralmente. Quando se tem muito para fazer, não temos tempo de procrastinar, e isso acaba nos ajudando a nos tornarmos mais produtivas. Com minha experiência, aprendi também que você tem que saber entender bem qual o momento de cada uma das carreiras e, em alguns períodos, dedicar mais tempo e foco a uma delas, de acordo com as necessidades, mas sempre buscando um equilíbrio.

Outro ponto que avalio como fundamental é planejamento. Se você não sabe para onde cada uma das suas atividades vai, é muito difícil conseguir traçar suas prioridades e, com isso, a tendência é que alguma delas acabe sendo negligenciada.

Um dia desses, estava conversando com minha amiga Flávia Monzano, que trabalha como gerente de sistemas em uma grande empresa do segmento de tecnologia, mas também como  influenciadora digital, mantendo um site (www.flaviamonzano.com)  e uma participação superativa nas redes sociais, principalmente, no Insta. Super me identifiquei com ela logo que nos conhecemos pelas mídias sociais e nos tornamos amigar virtuais, num primeiro momento, e hoje amigas pessoais! Acho que pessoas com mesmas rotinas e dilemas tendem a se unir!

Nós concordamos em muitas coisas, porque nossa rotina se parece em alguns aspectos! Somos executivas, Fitness e nos viramos em mil para cuidar da carreira, corpo, beleza, trabalho, casa, amigos e família… Ufa!

Como na empresa onde ela trabalha o horário é menos flexível, Flávia aproveita os finais de semana e traça todo o seu plano de como será a semana seguinte em termos de postagens, fotos que vai publicar, etc. ela comentou comigo que “Se deixar tudo para fazer ao longo da semana, as atividades da empresa acabam não permitindo que eu me dedique a minha outra carreira. Então, aproveito todos os meus tempos livres para organizar isso”. Me identifiquei super, porque meus finais de semana são exatamente assim!!! Para você ter ideia este post deve ir ao ar no meu site dia 02/11 e hoje (domingo 30/10 as 18h55) estou trabalhando na revisão dele aqui neste ponto e resolvi colocar este adendo no texto no texto para compartilhar com vcs!

Eu sou super inquieta e absolutamente apaixonada por trabalhar, e me sinto extremamente abençoada por ter encontrado meu proposito, que é inspirar e empoderar pessoas para realizarem seus sonhos. E quem trabalha por uma causa, por um proposito, não sente a diferença entre trabalho e laser! Eu posso dizer que me divirto demais, e que, aqui agora escrevendo para vocês, eu não queria estar em absolutamente nenhum outro local pois estou realizada!

E aí está outra característica de quem mantém mais de uma carreira. Saber que aquela distinção entre dias de trabalho e dias sem trabalho praticamente deixará de existir. Todo tempo livre é essencial, principalmente para pensar estratégias e se capacitar. Se você não tiver tal tempo, vai acabar fazendo tudo mecanicamente e não conseguirá progresso em nenhuma das carreiras.

Um mundo na mochila

Tem aquela música do Charlie Brown Jr. que diz: “Meu escritório é na praia, eu tô sempre na área”… Rs eu me vejo nela demais e vivo cantarolando-a quando saio com minha supermochila escritório nas costas! É aí que está outro mandamento de quem quer levar duas carreiras a sério. Eu costumo dizer que meu escritório está na minha mochila, e é realmente isso que acontece. Ter tudo à mão das suas duas atividades é essencial para conseguir dar conta de tudo e estar sempre pronta para qualquer necessidade. Se estou em um café, em uma sala de espera e sobrou um tempinho? Não tenho a menor duvida! Abro meu note e meu escritório está todo ali comigo!

Nessa mesma pegada, saber trabalhar em casa de forma produtiva e tirar o máximo da tecnologia a seu favor é outra característica essencial para otimizar o tempo. Muitas vezes, saber se organizar para alguns dias da semana trabalhar em casa vai lhe dar um tempo extra para conseguir levar suas duas profissões, em vez de perder horas e horas no trânsito!

Aliás, para nós mulheres, essas dicas servem não somente para quem tem duas profissões. Afinal, quem é mãe e profissional tem que se virar nos 30 da mesma forma de quem leva duas atividades. Um exemplo que sempre lembro é o da minha dermatologista, a Dra. Maria Fernanda Tembra. Ela tem gêmeos, uma clínica enorme e megaconceituada no Itaim e dá superconta de tudo. Uma vez, eu cheguei à clínica da doutora, e estava meio maluca de tanta coisa que eu tinha que fazer e lhe perguntei: “Fê, como você dá conta de tudo? ”E ela me respondeu uma coisa que levei para minha vida: “fazendo o meu melhor, mas não sofrendo por não conseguir fazer tudo perfeitamente”. E aí está outra dica: saiba que, ao ter muitas atividades, você não conseguirá fazer tudo absolutamente 100% maravilhoso! Mas, nesses momentos eu me lembro do: antes feito do que perfeito! E bola prá frente! Rs

Ela também me disse uma frase que me marcou profundamente: “A vida do desocupado é atribulada”. As minhas pacientes que mais fazem coisas, que são as que tem mais tempo para fazer aquilo que as peço, tipo passar algum creme ou ter algum cuidado especial, enquanto as que tem menos atividades são aquelas que sempre tem uma desculpa de falta de tempo para explicar porque não conseguiram fazer o tratamento. Ou seja, a relatividade do tempo é algo muito real mesmo!

Outra coisa que considero essencial é ter a mesma disciplina na vida pessoal que tem com suas profissões. Então, reserve datas e horários para se divertir e para cuidar de si e não abra mão desses horários, como se fossem compromissos profissionais. Eu literalmente marco na minha agenda do outlook um compromisso para fazer as coisas que acho importante e que amo! Nesses momentos, dedique-se realmente a eles! Permita-se! Desligue-se dos compromissos profissionais, senão, vai haver uma hora em que você vai pifar! Não somos máquina e precisamos também espairecer.

E, por fim, faça coisas que ama e principalmente com propósito. Não tem jeito, há coisas na vida que são chatas de fazer e não vamos nos enganar dizendo que tudo são flores. Mas, quando você entende que aquela coisa chata é somente uma etapa que você precisa cumprir para um propósito maior, ela se torna bem mais suportável! E lembre-se: faça as coisas com otimismo! Se tiver duas atividades e ficar sempre com aquele sentimento de que está devendo algo e que não vai conseguir dar conta de tudo é porque a jornada não está valendo a pena! Mas, se ao final de um dia cansativo, você for dormir com a sensação de missão cumprida, mesmo sabendo que no dia seguinte uma nova batalha a espera, aí sim, você está no caminho certo para alcançar os seus propósitos e uma vida mais plena!

 

Leia também:

Dicas para ser mais produtivo em home office

Como fugir dos ladrões do tempo e ter uma vida mais organizada

Organização é a chave para uma vida produtiva

Como gerir melhor o seu tempo

10 aplicativos que você precisa conhecer e ter

Seis passos que irão mudar sua vida para melhor

Por que e como traçar metas pessoais 

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

 








Fale comigo!
Fale comigo!