Dietas

Quer manter a dieta? Vai de chá!

Para não furar a dieta e não deixar de socializar com os amigos, que tal trocar a mesa de bar por uma casa de chá? A sugestão é de Renata Spallicci em seu blog! Confira.

 23 de fevereiro de 2016
4 min de leitura



Todo mundo sabe que fazer dieta não é nada fácil. É preciso muito foco, persistência e disciplina. E além das restrições alimentares que já são bem difíceis de seguir, há outro complicador: a questão social. Afinal, São Paulo é uma capital gastronômica e nós, paulistanos, adoramos nos reunir ao redor de uma mesa para bater papo, conversar e socializar. E é claro que esta mesa nunca está vazia de deliciosos e proibitivos pratos…

Assim, eu estava me sentido em uma verdadeira encruzilhada. Ou negava todos os convites de almoços, jantares, happy hours e virava a chata. Ou ia e não podia comer absolutamente nada e me tornava… sim, a chata!

Porém,  como não tenho perfil pra ser “a estraga prazer” do programa de ninguém e nem tendência para ficar em casa longe dos amigos, acabei arrumando uma solução supersimpática e gostosa, que agrada a todos: as casas de chá!

E foi aí que me atentei:  como há em nossa cidade lugares bacanas que têm como principal estrela esta bebida milenar, o chá! E os cardápios da bebida estão cada vez mais variados, sofisticados e deliciosos.

Do mesmo modo que  os almoços e jantares fartos fazem parte da nossa cultura paulistana de socialização, o chá também cumpre um papel social e cultural importante. Na Índia, a segunda maior produtora mundial, o chá é consumido pela manhã e durante a noite, servido quente, com leite e açúcar, levando o nome de chaai. Já na China e no Japão, a bebida tem bastante valor cultural, desfrutando da  mesma importância que tem o vinho  em alguns países, por exemplo.

Isso sem contar as muitas propriedades medicinais que os chás podem trazer ao nosso corpo, sendo usados para fins  variados que vão do auxílio na digestão até o tratamento da celulite (oba!).

Se não bastassem todos esses benefícios e o tal efeito socializante da bebida,  a cidade vem ganhando novas casas de chá que são lugares lindos, charmosos e superacolhedores.

Uma das mais bacanas é a Ping Pong Dim Sun que fica no Itaim e é uma versão moderna das antigas casas de chá chinesas. Um ambiente agradável, bonito e que dispõe de   um cardápio delicioso.

No Shopping Iguatemi há a Tee Gschwendner.  A loja, superpequena, mas lindinha, é uma subsidiária da marca alemã que tem unidades em outros cinco países. Entre mais de 200 tipos de chá, existe um chá-verde orgânico vindo de plantações da ilha de Kyushu, no Japão, que é uma verdadeira iguaria!

Enfim, as opções são muitas, tanto de lugares gostosos (veja lista no final do post) como de chás para experimentar e se deliciar. E contando com  vasta lista de opções, consegui a solução para manter minha dieta e não ser a inconveniente da turma!

E aí, vai um chazinho?

Beijos e até a próxima!

Casas de Chá que valem a pena conhecer em São Paulo

Talchá – Endereço: Avenida Higienópolis, 618, Shopping Higienópolis – Piso Pacaembu, Loja 2012

A Loja do Chá – Tee Gschwendner – Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232, Shopping Iguatemi

Ping Pong Dim Sum – Endereço: Rua Lopes Neto, 15 – Itaim

The Gourmet Tea – Endereço: Rua Mateus Grou, 89 – Pinheiros

Tea Connection – Endereço: Alameda Lorena, 1271 – Jardins

Novelaria Knit Café – Endereço: Rua Mourato Coelho, 678 – Pinheiros

Emiliano – Endereço: Rua Oscar Freire, 384, Hotel Emiliano – Jardins

KOF – King of The Fork – Endereço: Rua Artur de Azevedo, 1317 – Pinheiros

The Gourmet Tea – Mario Ferraz 213/217 – Itaim e outros endereços

Bistro Ó Chá – Rua Aspiculeta, 194 – Vila Madalena

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci








Abrir Conversa
Fale comigo!
Abrir Conversa
Fale comigo!