Dietas

Nove dicas para fazer a sua dieta dar certo

Saiba algumas atitudes essenciais para alcançar os resultados que você sempre sonhou em sua dieta

 14 de março de 2017
10 min de leitura

Nove dicas para fazer sua dieta dar certo

O que não falta na internet ou em qualquer banca de jornal são tipos de dieta que prometem a perda de peso rápida e de forma fácil. Inclusive, já publiquei uma matéria supercompleta aqui falando sobre as principais delas e seus benefícios. Mas não vamos nos enganar, né? Fazer dieta nunca é assim tão simples e, muito menos, os resultados são tão rápidos quanto o que se costuma propagar.

Eu mesma, quando era mais nova, por várias vezes, tive problemas com a balança e tentei inúmeros tipos de dieta ao longo da minha vida e afirmo: nunca foi fácil.

E a pergunta que nos fica é: por que é tão complicado fazer dieta? Acho que é porque a gente fala muito sobre que tipo de alimentos comer ou não comer, mas nunca comentamos sobre as dificuldades que encontraremos pelo caminho e, principalmente, sobre como fazer dieta! E é isto que vou abordar aqui e agora com vocês!

As dificuldades do caminho

Antes e depois da Renata Spallicci

Fazer dieta é muito mais do que uma decisão somente alimentar! É uma decisão social! É isso mesmo! Vivemos em uma sociedade em que a comida é uma forma de reunir as pessoas e de promover o relacionamento social. Pode perceber: é só você decidir fazer dieta e aparecem mil eventos para você participar, e em todos eles há comida e bebida envolvidas. É aquele happy hour com o pessoal do escritório, em que se servem aquela batatinha frita mergulhada no óleo e mil tipos de drinks calóricos; é o aniversário do filho da sua melhor amiga com aqueles hamburguerzinhos e o brigadeiro irresistível; é aquele almoço com os pais do seu companheiro para o qual sua sogra fará a lasanha mais famosa da família; ou aquele jantar com um casal amigo no restaurante que tem a melhor pizza da região! Aff! Não é fácil dizer não para tudo isso, não é mesmo?

A grande verdade é que a nossa sociedade é “gorda”, e todos os eventos envolvem comida.  Então, como manter o foco na dieta e não ser visto como antissocial? Aqui a regra é: procure, dentre suas preferências, alimentos que não a prejudiquem. Nos bares e restaurantes, sempre há opções saudáveis, basta prestar atenção. Se for necessário, questione o garçom sobre a possibilidade da adaptação de pratos. E, em festas ou eventos familiares, resista à tentação e abra o jogo para as pessoas sobre os seus hábitos alimentares e o quanto aquilo é valioso para você! Falando abertamente sobre isso é provável até que leve seus novos hábitos saudáveis aos outros e consiga novos parceiros. E o mais importante: precisamos entender e mostrar àqueles que nos rodeiam que dá para se divertir sem gordice!

Eu, como atleta, levo o tema muito a sério e ando com minha marmitinha pra cima e pra baixo. No começo, todo mundo estranhava, mas agora as pessoas levam numa boa, e eu não deixo de me divertir ou de participar de nenhum evento social por causa da minha alimentação!

A verdade é que existem, sim, mil motivos que vão tentar desviá-la do foco da dieta, mas, quando você está realmente disposta a seguir em frente e coloca isso como uma prioridade em sua vida, é sempre possível driblar as dificuldades e chegar aos resultados desejados.

E para ajudá-la nessa empreitada, vou listar oito dicas simples, mas que farão toda a diferença no sucesso da sua dieta! Vamos lá?

Monte um cardápio

Independentemente de qual dieta você optar por seguir, é muito importante que tenha definido um cardápio, determinando exatamente o que pode ou não ser ingerido, em quais horários e quantidades. Tente montar, pelo menos, um cardápio semanal.

Mais do que ter um cardápio, é fundamental também ter alternativas nesse cardápio, porque não dá para passar quatro ou mais meses comendo sempre as mesmas coisas todos os dias. É fundamental ter ainda uma  lista de restrições, ou seja, daqueles alimentos que não podem ser consumidos de jeito nenhum. Isso facilita muito na hora de escolher os pratos, sobretudo quando estamos fora de casa.

Reduza as Porções

Um dos aspectos básicos para quem faz dieta é aprender a reduzir as porções para se reeducar e comer uma quantidade menor de alimentos e, consequentemente, ingerir menos calorias.

Assim, se você não abre mão da pizza aos domingos, coma apenas uma fatia, em vez das três costumeiras. Se come dois bifes, passe a comer um só. Enfim, o importante é reduzir as porções e, consequentemente, a quantidade de calorias ingeridas. Dessa forma, você não precisa abrir mão de tudo o que gosta, mas apenas ter o bom senso de comer nas quantidades adequadas.

Não se sabote

Não adianta nada tentar fazer dieta e encher a dispensa e a geladeira com aquilo que você não pode comer. Se está de dieta, faça compra de frutas, legumes e coisas saudáveis e nada de salgadinhos, docinhos, queijos, massas e milhões de alimentos calóricos.

Se, quando a fome apertar, você só tiver em casa coisas saudáveis, vai comer coisas saudáveis, mas, se a geladeira estiver cheia de guloseimas, vai acabar comendo “porcaria” e engordando!

Uma escorregadinha é normal

Se um dia você não resistir e der uma escorregadinha, não ache que a sua dieta acabou. Pisou na bola, comeu além da conta um dia, ok, mas isso não significa que todo seu empenho foi jogado fora e que agora qualquer esforço não adianta mais. Nada disso! Vejo muita gente que usa o famoso “jaque”. “Já que enfiei o pé na jaca na sexta-feira, vou aproveitar esse fim de semana e, na segunda, volto com tudo”. Tsc tsc tsc. Exagerou na sexta, ok, mas você precisa voltar à dieta imediatamente, mesmo que seja sábado.

Aproveite que escorregou e faça um detox rápido com a receita exclusiva aqui do meu blog e volte à dieta com força total!

Experimente!

Fazer dieta pode não ser o fim do mundo, desde que você se dedique a descobrir sabores e comidas novas. O que não faltam são sites com receitas bacanas em versões lights, e hoje, aliás, para quase todos os pratos, há  uma versão menos calórica.

Outra coisa legal é deixar a comida “bonita”. Pode parecer besteira, mas olhar um prato bonito também proporciona prazer e nos deixa mais “abertos” a novos sabores. Não custa tentar, vai!

Não se torture

Está de dieta? Então não vá àquela doceria que você ama só para tomar um café sem açúcar, né? Para que ficar vendo aquele monte de doce? Gosta de sofrer? Há sempre restaurantes, lanchonetes e cafés que oferecem versões lights e têm opções de alimentação   mais leve.

Por isso, quando for escolher um local pra almoçar ou para jantar, escolha aqueles que tenham várias sugestões  de saladas e que não sejam especializados em comidas que você não pode comer.

Não pense somente na dieta

Tenho um amigo que diz que o melhor lugar para aprender receitas “gordas” é em um spa! Isso porque, as pessoas quando estão de dieta só falam e pensam em comida. Principalmente naquelas que não podem comer. Por isso, mude o foco do seu pensamento. Não fique o tempo todo pensando em comida e na “tristeza” que é estar de dieta.  Foque nos exercícios físicos que vai fazer, vá passear com seu cachorro, assista a um filme bacana no cinema… Há vida além das coxinhas e brigadeiros!

Conquiste aliados

Como já falamos acima, o maior inimigo para quem faz dieta é a vida social. Então, é preciso que seus amigos e sua família saibam que você está fazendo dieta, e o quanto isso é importante para você, pro seu bem- estar e pra sua autoestima. Agindo claro e abrindo o jogo com eles, quando estiverem juntos, as chances de lhe oferecerem guloseimas ou proporem programas que incluam coisas que não pode comer será bem menor.
Vale reforçar que dieta não significa excluir a vida social!É só saber adaptar a sua vida e programas aos seus novos hábitos.

Estabeleça metas

Ter metas é o primeiro passo para se ter sucesso em qualquer jornada! Mas as metas devem ser sempre realistas. Se você estipular que vai perder dez quilos em uma semana, a chance de  se frustrar será enorme. Por isso, estabeleça metas que a desafiem, mas que sejam possíveis. Assim terá sempre percepções de vitórias e motivação para continuar.


Conheça as nove dicas para fazer a sua dieta dar certo

Tenho certeza de que, com estas dicas, você estará mais preparada para começar e, principalmente, concluir com sucesso a sua dieta. E lembre-se: estar sempre de dieta é muito chato, portanto, o melhor a fazer é mudar de uma vez por todas os seus hábitos alimentares. Fazer uma dieta radical para dar um choque no seu corpo e perder aqueles quilos que a incomodam está valendo, mas viver sempre de dieta não é legal. Por isso, consulte um nutricionista, faça exercícios físicos e mantenha uma rotina de alimentação saudável. Chegando ao peso que você quer e mudando de uma vez por todas os seus hábitos alimentares não precisará nunca mais fazer dieta!!!

Como eu sempre falo! Não existe receita para transformar o processo de emagrecimento em uma coisa mais simples, porque o que é difícil para uma pessoa pode ser fácil pra outra e vice-versa. Porém, com essas dicas, muita força de vontade e foco, a sua trajetória pode ser mais facilitada!

VEJA TAMBÉM:

As dietas mais recomendadas em 2017

A dieta ideal para cada tipo de corpo

Dicas e dieta para ganhar massa magra