Dietas

Dieta Atkins – 15 benefícios

Confira matéria completa sobre dieta Atkins que site americano disponibilizou especialmente para o meu blog!

 29 de junho de 2017
21 min de leitura

Dieta Atkins - Conheça os benefícios

Uma das dietas mais famosas no mundo é a Atkins, e ela já foi tema de muitos artigos meus aqui no blog, abordando seus benefícios e cuidados.

E um desses meus textos ultrapassou nossas fronteiras e chegou a um site internacional que, além de elogiar o nosso artigo, nos liberou uma matéria supercompleta e especial sobre essa dieta. Eu a traduzi e, agora, compartilho aqui com vocês!

O texto conta tudo sobre a dieta e expõe quinze benefícios, de acordo com a ciência, que o plano alimentar pode trazer para quem o seguir.

 

O que é a dieta de Atkins?

Fonte: https://www.jenreviews.com

Dieta atkins - Entenda mais sobre essa dieta

Também conhecida como a abordagem nutricional de Atkins, a dieta segue uma estrutura estrita que requer um consumo limitado de carboidratos com muita proteína e gordura. A redução dramática nos carboidratos ajudará o corpo a passar do metabolismo da glicose dos carboidratos por energia para um processo mais eficiente de queima de gorduras armazenadas.

Com isso, ela ajuda seus seguidores a perderem peso e, em virtude do aumento do consumo de proteínas, também dá força para diminuir o apetite. Isso porque, quando você está comendo menos carboidratos e mais proteínas, sente-se mais saciado – o que significa que, naturalmente, você consumirá menos calorias sem ter que se restringir como acontece em uma dieta com pouca gordura ou que conta calorias.

Esta dieta baixa em carboidratos tornou-se popular em todo o mundo, já que promove a perda significativa de peso e maiores benefícios para a saúde do que as dietas típicas de baixo teor de gordura. Mais de 20 estudos diferentes examinaram como a dieta Atkins beneficia os profissionais, tornando-se uma opção amplamente interessante para as pessoas, que procuram comer de forma mais saudável, perderem peso e melhorarem seu bem-estar geral.

A dieta Atkins envolve quatro fases diferentes, mas os praticantes não são obrigados a seguir estas fases com precisão.

 

Fase Um – Indução

A perda de peso é iniciada durante esta fase, o que exige que os seguidores consumam menos de 20 gramas de carboidratos por dia, durante pelo menos duas semanas. O foco deve estar em alimentos com alto teor de gordura e alta proteína, ao lado de vegetais com baixo teor de carboidratos, incluindo vegetais frondosos, pimentões e vegetais cruciferantes.

Algumas pessoas preferem permanecer nesta fase indefinidamente, para maximizar os resultados de perda de peso e manter um estado de cetose, que é aquele em que o corpo está queimando gordura armazenada por energia. Este é o processo alcançado através de uma dieta cetogênica.

Há outros que ignoram esta fase inteiramente, começando sua dieta Atkins com abundância de frutas e vegetais desde o início. Isso também é aceitável, especialmente se você não está focado na perda de peso.

 

Fase Dois – Balanceamento

Depois de passar pela fase de indução e a redução de carboidratos, você poderá começar a adicionar alguns carboidratos de volta à sua dieta – incluindo nozes e frutas. Adicione-os lentamente para perceber como eles afetam seu corpo, e para evitar qualquer aumento de peso.

Esta fase deve continuar até você estar perto do peso que deseja.

 

Fase Três – Ajuste fino

Uma vez que você quase atingiu o peso que está buscando, adicione mais carboidratos à sua dieta até notar que sua perda de peso começa a diminuir de velocidade. Ainda assim, sua dieta deve ser principalmente composta de proteínas e gorduras.

 

Fase 4 – Manutenção

Agora que você está no seu peso ideal, sinta-se livre para consumir tantos carboidratos saudáveis quanto seu corpo puder lidar, sem recuperar o peso que você perdeu. Se notar a balança aumentando novamente, recue para a fase dois ou três até atingir o peso ideal novamente.

 

Como ela surgiu

A dieta foi projetada pelo Dr. Robert Atkins, que argumentou que o principal fator por trás da obesidade crescente é o aumento de carboidratos refinados nas dietas ocidentais – açúcar, farinha e xaropes de milho de alta frutose, especificamente. Ele também determinou que a percepção da sociedade a respeito da gordura saturada como um problema nutricional era “superestimada”, e que seria melhor comer gorduras saudáveis, evitando as gorduras trans.

 

Conheça também a Dieta da Aboborá!

 

Que alimentos eu posso comer nesta dieta?

A dieta Atkins é baseada em alimentos saudáveis. Faça compras ao longo das bordas da mercearia – você não precisa percorrer os corredores do meio quando você está comendo alimentos aprovados pela Atkins. Escolha uma fonte de proteína gordurosa e adicione vegetais, nozes e gorduras saudáveis ​​para uma refeição sólida, estilo Atkins.

Dieta Atkins - Veja quais alimentos você pode comer

Que alimentos devo evitar?

Sua dieta deve incluir alimentos inteiros e não processados, tanto quanto possível. O objetivo é evitar alimentos com alto índice glicêmico que fará com que seu açúcar no sangue tenha picos e forneça glicose ao seu corpo para ele usar como combustível. Você quer que seu corpo queime gordura e não glicose, certo?

Dieta Atkins- Entenda quais alimentos evitar para a dieta dar certo

Quais são os benefícios da dieta Atkins para a saúde?  

Recomendado para pessoas que procuram uma maneira bastante rápida de atingir metas de perda de peso, uma dieta baixa em carboidratos proporcionará aos indivíduos uma ampla gama de valiosos benefícios para a saúde.

 

1 – A dieta de Atkins melhora a saúde cardíaca.

Os professores que examinaram 17 estudos diferentes sobre pessoas com sobrepeso descobriram que, seguindo uma dieta baixa em carboidratos e com alto teor de gordura, havia uma chance 98% maior de diminuir o risco de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco do que adotando uma dieta com baixo teor de gordura.

Além disso, por causa do modo de os carboidratos agirem em seu corpo para produzir insulina rapidamente, ao eliminá-los, você também acabará utilizando o excesso de gordura para o seu corpo usar como combustível.

Cortar a ingestão de carboidratos teve um impacto direto na saúde do coração, de várias maneiras, diminuindo o nível de triglicerídeos e aumentando os níveis de colesterol “bom” e até mesmo ajudando a reduzir a pressão sanguínea.

2 – A dieta Atkins ajuda a perder peso.

Alguns seguidores da dieta Atkins conseguiram perder mais de 45quilos, levando em conta, claro, que os resultados individuais de perda de peso dependem diretamente da forma como a pessoa adere ao plano.

Isso acontece porque, por ser uma dieta baixa em carboidratos, ela ajuda a estimular o corpo a queimar gordura, ao mesmo tempo que,  por ser uma dieta rica em proteínas e gorduras, auxilia  a suprimir o apetite, levando, consequentemente, a uma perda significativa de peso.

No entanto, você precisará prestar muita atenção às contagens de carboidratos em tudo o que você come, pois, ao se descuidar, poderá impedir os resultados potenciais de perda de peso. Como em toda dieta, você verá números ainda melhores, se também praticar exercícios de intensidade moderada.

3 – A dieta Atkins melhora os níveis de açúcar no sangue.

Os níveis de açúcar são um fator de risco expressivo tanto para doenças cardíacas quanto para obesidade. E a dieta Atkins, particularmente durante a fase de indução, pode melhorar drasticamente a capacidade do seu corpo de processar adequadamente o açúcar. Mesmo os pacientes que tomaram insulina antes de embarcarem em uma dieta Atkins, conseguiram deixar de usar insulina depois de mudar sua abordagem nutricional. Limitar a ingestão de carboidratos também ajuda a evitar picos de açúcar no sangue, que geralmente são desencadeados pelo índice glicêmico de alimentos ricos em carboidratos. Uma dieta de baixa glicemia é uma maneira eficaz de lidar com isso, mas uma dieta com baixo índice de glicose combinada com uma ingestão reduzida de carboidratos é ainda melhor.

4 – A dieta Atkins pode prevenir a síndrome metabólica.

A maioria dos sintomas e fatores de risco que estão presentes no que que conhecemos como síndrome metabólica podem ser tratados com a abordagem nutricional da dieta Atkins. A obesidade abdominal, o colesterol elevado, diabetes e hipertensão podem ser controlados por meio desta estratégia alimentar. Outra vantagem é que, graças à ingestão saudável de proteínas, a dieta garante que sua massa muscular seja preservada, o que ajuda a manter o metabolismo do corpo funcionando de forma eficiente, e permite que continue a queimar gordura e melhore o bem-estar geral.

5 – A dieta de Atkins facilita controlar o apetite.

O começo da dieta Atkins não é fácil, especialmente durante a fase de indução, quando se devem cortar os carboidratos quase que inteiramente. Mas,ao eliminar os picos constantes de açúcar no sangue, você começará a reduzir seu apetite. Não só a dieta o ajudará a eliminar seus desejos, mas também, como estará comendo refeições mais saudáveis ​​e com mais frequência, ficará sempre saciado.

6 – A dieta de Atkins aumenta a função do cérebro.

As dietas com baixo teor de carboidratos têm a reputação de afetar negativamente sua função cerebral, já que seu cérebro precisa de carboidratos para obter energia. No entanto, uma vez que os seguidores passaram a fase inicial da redução da ingestão de carboidratos, e seus corpos tiveram a chance de se adaptarem a um novo processo metabólico, o aumento do consumo de gorduras cerebrais e vitaminas do complexo B encontradas em vegetais verdes frondosos funcionaram para produzir mais hormônios cerebrais. As frutas com baixo teor de carboidratos, também ajudaram a melhorar as redes de comunicação entre suas células cerebrais, promovendo a sobrevivência e a regeneração delas.

7- A dieta Atkins proporciona maior resistência física.

Os cientistas sabiam, há muito tempo, que dieta Atkins pode aumentar a perda de peso e a habilidade do corpo de queimar gordura de forma eficaz, mas, agora, estudos estão sendo feitos para examinar como a dieta poderia aumentar o desempenho físico e a recuperação do corpo. De acordo com Jeff Volek, pesquisador, professor de ciências humanas na Ohio State University, a restrição dos carboidratos permite que o programa de queima de gordura do corpo “reinicie” e possibilite que os atletas atinjam níveis de desempenho significativamente melhores.

8 – A dieta de Atkins pode ajudar a limpar sua pele.

Estudos demonstraram que a dieta Atkins tem um efeito positivo em uma variedade de condições crônicas e desagradáveis ​​da pele – melhorando algumas das vermelhidões, comichão e irritação associadas à psoríase, eczema, acne e até mesmo ao vitiligo. Não só isso, mas mesmo em pessoas sem problemas de pele em curso, comer uma dieta baixa em carboidratos pode proporcionar que a pele se torne mais radiante, hidratada e saudável. Esses benefícios também afetam o cabelo e unhas, que ficarão mais fortes e mais saudáveis. O aumento da ingestão de vitaminas e minerais que você obterá comendo bastante vegetais e frutas terá um efeito importante em como você se sente por dentro e por fora.

9 – A dieta Atkins possibilita ingerir mais nutrientes.

Ao concentrar sua dieta em alimentos inteiros e não processados, estará ingerindo quantidades muito maiores de nutrientes, como vitaminas, minerais e antioxidantes, o que afetará diretamente sua saúde e bem-estar. Esses alimentos densos em nutrientes têm uma série de propriedades variadas que fornecerão benefícios para a saúde. Como as refeições da dieta Atkins devem incluir uma porção adequada de proteína ao longo do dia, com uma variedade de frutas e vegetais de alta fibra e baixa glicemia, ela possibilita a ingestão de diferentes tipos de alimentos, obtendo uma variedade de tipos de nutrientes, resultando em uma dieta bem equilibrada e saudável.

10 –  A dieta de Atkins diminui inflamações.

A inflamação é uma parte importante do sistema de defesa do seu corpo, e certa quantidade é normal em qualquer indivíduo saudável – especialmente em períodos de doença ou lesão. No entanto, a inflamação crônica pode levar a graves preocupações com a saúde como câncer, doenças cardíacas e até distúrbios neurológicos, a exemplo de Alzheimer e Parkinson. Muitas dessas inflamações podem ser atribuídas aos picos de insulina provenientes de alimentos e açúcares processados, incluindo carboidratos. Comer uma variedade de alimentos que diminuem a inflamação, como aqueles recomendados na dieta de Atkins, pode evitar que a inflamação crônica cause danos duradouros.

11- A dieta de Atkins melhora a digestão.

Enquanto seu sistema digestivo provavelmente precisará um pouco de tempo para se ajustar aos novos hábitos alimentares, uma dieta baixa em carboidratos provou melhorar a digestão geral. Graças ao aumento da ingestão de fibra encontrada dentro da dieta Atkins, desfruta-se melhoria no sistema digestivo e reduz-se o refluxo ácido, azia e inchaço. Inicialmente, pode-se sentir mais flatulento do que o habitual, mas, quando o corpo se acostuma com a ingestão nutricional, haverá menos gazes também.

12 – A dieta Atkins pode ajudar a prevenir o câncer.

Um plano de nutrição que se concentra em obter gorduras saudáveis ​​suficientes pode reduzir drasticamente suas chances de desenvolver certos tipos de câncer. O crescimento do câncer ocorre quando seu corpo está funcionando de forma ineficiente, criando um terreno fértil para o desenvolvimento de infecções. O açúcar no sangue descontrolado é um excelente gatilho para este desenvolvimento, mas a dieta Atkins provou ser eficaz para manter esses níveis estáveis. A inflamação reduzida também ajuda a manter a resposta imune do seu corpo funcionando eficazmente, e o ajuda a reagir de forma eficiente contra o estresse.

13 – A dieta Atkins diminui os depósitos de gordura abdominal.

O excesso de gordura acumulado ao redor do abdômen pode levar a uma série de riscos para a saúde – impactando quase todos os órgãos do corpo e produzindo excesso de substâncias químicas e hormônios que fazem mal à saúde. Alguns problemas causados por isso incluem diabetes tipo 2, câncer colorretal e doenças cardiovasculares. Essa gordura é problemática para perder e fácil de ganhar, mas pode ser reduzida, graças a três fatores principais: exercício, sono e dieta. A dieta de Atkins dá-lhe as ferramentas para enfrentar todos os três, começando com a sua ingestão nutricional.

14 – A dieta Atkins pode melhorar a qualidade do sono.

Com o seu aumento no consumo de nutrientes, quantidades saudáveis ​​de gordura e proteínas e açúcar no sangue estável, o corpo estará sob menos estresse e se sentirá muito mais saudável e enérgico. Isso levará a pessoa a adormecer mais rapidamente e a ter um sono com duração melhor. A qualidade do descanso também será melhorada graças ao poder de impulsionar o cérebro da dieta de Atkins, e a energia adicional que a pessoa terá de todos os nutrientes que está ingerindo.

15 – A dieta de Atkins ajuda a manutenção do peso.

Uma vez que se alcança a quarta fase da dieta Atkins, entra-se no modo de manutenção. Na maioria das dietas, esta é a oportunidade para retornar aos hábitos alimentares regulares, o que normalmente acarreta no famoso efeito sanfona. No entanto, uma vez que Atkins é considerada uma abordagem nutricional ao longo da vida, ao invés de uma dieta temporária, esse risco é bem menor. Alternar entre a terceira e a quarta fases, enquanto mantém um olho em sua saúde geral, é uma ótima maneira de manter o peso e desfrutar do estilo de vida saudável que Atkins proporciona.

 

O que devo ter em mente ao iniciar esta dieta?

Se esses benefícios de saúde excelentes o convenceram a reduzir a ingestão de carboidratos e começará a comer uma dieta inspirada em Atkins, há algumas coisas que você deve ter em mente, se você se propuser a entrar nessa nova jornada. Embora os benefícios da dieta de Atkins superem os desafios que a acompanham, é importante saber que obstáculos você poderá encontrar – especialmente durante as primeiras semanas na dieta. Felizmente, você se sentirá tão bem se submetendo a essa dieta que não terá problemas para ignorar esses problemas menores. É fácil fazer uma mudança quando se sabe o quão enorme é a recompensa – e a dieta de Atkins é um excelente passo no caminho para a saúde e bem-estar duradouros.

A dificuldade da drástica redução de carboidrato é real!  Quando você está acostumado a comer muitos carboidratos, é normal, e até mesmo esperado, sentir um pouco de desconforto durante os primeiros dias de redução. Mas há algumas maneiras de se distrair o suficiente e passar por esta fase inicial de retirada, como:

Obter muita fibra e gordura.

Juntos, esses alimentos podem proporcionar ao seu corpo a saciedade necessária para você esquecer dos carbos. As sementes de linho são uma ótima opção para obter ambos ao mesmo tempo, ou saladas com uma proteína magra adicionada.

– Lanchar frequentemente.

Não fique mais de três horas sem comer um lanche saudável e baixo em carboidratos, especialmente durante a retirada de carbos. Se evitar “estar com fome”, você terá melhor sorte na luta pela abstenção.

Encontre alimentos que deseja comer.

Esta dieta é rigorosa, mas ainda há toneladas de coisas deliciosas que você pode comer em uma dieta de Atkins. Descubra alimentos aprovados que você curta comer para que seu corpo comece a considerar essas alternativas saudáveis, em vez de carboidratos.

Por fim, é importante ter em mente que fazer uma dieta Atkins é um processo complexo. Se você é o tipo de pessoa que costuma comer muito fora de casa, vai ter que fazer algumas grandes mudanças para se ajustar a uma dieta estilo Atkins. É difícil encontrar alimentos prontamente disponíveis que cumpram as restrições desta dieta. Então, esteja preparado para você mesmo preparar a maioria de suas refeições, ou peça versões modificadas de alimentos nos menus do restaurante.

As compras de supermercado levarão mais tempo, inicialmente, até que saiba mais sobre os carboidratos e calcule quanto de cada alimento você poderá comer. Você também estará gastando mais tempo na cozinha, preparando refeições, e cozinhando sozinho ou para sua família. Se você tiver mais tempo livre, nos finais de semana, poderá fazer o trabalho de preparação com antecedência e, ao chegar em casa,   é só aquecer as porções pré-porcionadas de refeições aprovadas pela Atkins.

Uma mudança de estilo de vida.

Uma dieta Atkins não é apenas para a perda de peso, mas sim, para mudanças valiosas em todo o seu estilo de vida que o levarão a obter benefícios para a saúde, em longo prazo. Claro, você provavelmente terá perda de gordura e verá o número reduzir na balança, mas, para manter esses resultados, precisará considerar a Atkins um compromisso de mudança e um hábito vitalício. No início, pode ser difícil sair para jantar e beber com amigos e manter as escolhas aprovadas pela Atkins, mas, se você estiver com pessoas que desejam vê-lo bem-sucedido, poderá manter seus compromissos sociais e, ao mesmo tempo, seguir a dieta Atkins.

Uma solução é ter sempre à mão lanches saudáveis ​​e aprovados, para casos em que outras pessoas estejam “beliscando” à sua volta, ou alguém tenha trazido aquele donuts para o escritório. Se você tiver disponível algo rápido e fácil para fazer um lanche, em vez de se entregar aos alimentos que trabalhou duro para evitar, não ficará tão tentado a burlar seu novo estilo de vida saudável.

Que a sua jornada para comer de forma mais saudável o ajude a descobrir novos alimentos que você nem sabia que gostava e, assim, se motive a manter o benéfico estilo de vida Atkins!

Espero que tenha gostado desse completo texto que o site www.jenreviews.com nos disponibilizou, e que esses ensinamentos tenham sido úteis para que escolha a dieta que melhor se adapte às suas necessidades. Não esquecendo, nunca, que todo plano nutricional deve ser prescrito e acompanhado por uma profissional da área!

 

Leia também:

Chega de passar fome, emagreça comendo

Tire o melhor das dietas da moda e perca peso comendo

Conheça as principais dietas e escolha a melhor para você

Busque seu propósito. Deixe  seu legado.

Rê Spallicci