Dietas

Como manter uma dieta equilibrada no inverno

Confira dicas para uma alimentação saudável na estação mais fria do ano e uma receita exclusiva da chef especializada em gastronomia funcional, Tuca Iervolino.

 18 de junho de 2016
6 min de leitura



Nesse friozinho de julho, o que mais dá vontade de fazer é ver um filminho embaixo do cobertor e, de preferência, mastigando alguma coisa bem gostosa, não é mesmo? Chocolate, fondue, vinho… hummmm!

Mas você sabia que essa vontade por alimentos mais calóricos no frio tem uma explicação? Sim, a ciência explica: é que no inverno, como a temperatura cai, o organismo gasta muito mais energia para manter o corpo quentinho, e logo acabamos mesmo sentindo mais fome!

Mas não se anime! Essa energia que o corpo gasta a mais não é suficiente para a gente manter o corpinho em forma, se abusarmos da alimentação. Portanto, muito cuidado! Afinal, você não quer que o ponteiro da balança suba inversamente ao da temperatura, certo?

Muita gente pensa que é impossível manter uma alimentação saudável e equilibrada em temperaturas mais frias, já que a gente fica com essa vontade louca de comer chocolate, caldos e pratos mais pesados, contrastando com a enorme dificuldade em manter a ingestão de frutas e hortaliças. Mas há, sim, como manter uma dieta saudável, gostosa e equilibrada, mesmo no inverno!

A primeira dica é investir nas sopas e caldos, já que, muitas vezes, eles contêm verduras e legumes. Porém, a dica é tomar cuidado para não misturar mais de uma fonte de carboidrato na mesma receita. Por exemplo, se você optar por usar batata na sua sopa, não use o macarrão ou o arroz. Por isso, cuidado com a famosa canja! É muito importante também o uso de vegetais folhosos, porque eles colaboram para que haja maior número de mastigações, o que aumenta a sensação de saciedade e impede a ingestão de grandes quantidades.

E vale escolher qualquer tipo de hortaliça para incrementar os caldos: couve, abóbora, abobrinha, chuchu, couve-flor, brócolis, repolho, tomate, espinafre, beterraba, cenoura e vagem. Aliás, nem pense em deixar as hortaliças de fora do caldo e de sua alimentação no inverno: os resfriados e gripes, tão comuns nas estações mais frias do ano, podem ser evitados, sim, por uma alimentação rica em antioxidantes que são encontrados exatamente nesses alimentos.

Já que as frutas costumam perder espaço no inverno, uma boa alternativa é utilizá-las em purês e geleias, que podem ser feitos com açúcar light de forno. Outra dica importante é que, embora a transpiração diminua no inverno, nosso corpo continua precisando da mesma quantidade de água. Por isso, não se esqueça de manter o corpo sempre hidratado, tomando bastante água ao longo de todo o dia.

 

Sopa funcional

Caso ainda queira ir além na sua dieta saudável de inverno, uma boa sugestão é aproveitar o friozinho para investir em sopas funcionais, um tipo de alimentação que leva em consideração não somente o sabor dos alimentos, mas, principalmente, o seu valor nutricional e a qualidade dos ingredientes. Logo, as sopas funcionais são pratos nutritivos e equilibrados, capazes de auxiliar no processo de desintoxicação do organismo, além dos ingredientes conterem um ou mais alimentos funcionais, que, por seus poderes antioxidantes, atuam na prevenção e tratamento de algumas doenças.

Segundo Tuca Iervolino, chef especializada em gastronomia funcional, essa forma de alimentação não é simplesmente uma dieta light, mas sim uma forma saudável de nos alimentarmos. “Equilibramos nutrientes e pensamos não somente no sabor, mas também na textura dos alimentos, na quantidade de carboidratos e proteínas, e ainda, em levar a pessoa que adota esse estilo de alimentação a uma vida com mais vitalidade, energia e com inúmeros outros benefícios”, revela.

E foi pensando nesses benefícios que a chef sugeriu uma receita deliciosa para uma sopa nutritiva e supersaudável especialmente para nossas leitoras. Confira:

 

CREME THAI DE ABÓBORA

renata-creme-thai

Ingredientes:

1/2 cebola picada

1 dente de alho picada

1 pitada de curry

1kg de abóbora

1 garrafinha de leite de coco

1 pedaço de gengibre ralado

4 castanhas do Pará fatiadas

Sal rosa e pimenta a gosto

 

Modo de preparo:

Refogue a cebola com um fio de azeite, adicione o gengibre ralado, o alho e refogue mais um pouco. Em seguida, coloque a abóbora. Acrescente água até cobrir a abóbora e deixe-a cozinhar. Espere esfriar e bata tudo no liquidificador. Leve novamente ao fogo, adicione o leite de coco e deixe reduzir até o ponto desejado. Tempere com sal, pimenta e curry. Sirva com a castanha do Pará picada. Rende 4 porções.

renata-tuca

 

Tuca Iervolino é formada em Gastronomia, já trabalhou nos melhores restaurantes de São Paulo e é apaixonada pela alimentação saudável. Seus pratos têm como princípio explorar a densidade nutricional de cada alimento, tornando cada refeição natural e funcional.

 

 

 

Leia também:

Dez alimentos que vão deixar seu cérebro mais esperto

Atitudes e alimentos que aceleram o seu metabolismo

Nutricionista lista alimentos que aceleram o metabolismo e ajudam a emagrecer

Quinze benefícios surpreendentes da perda de peso

Conheça as principais dietas e escolha a melhor para você

Gastronomia funcional com Tuca Iervolino 

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci