Dietas

Pule o jantar e perca até quatro quilos!

Nova onda que está fazendo sucesso entre famosas norte-americanas como Oprah ou Blake Lively é o de pular as refeições da noite, a chamada No Dinner Diet ou dieta sem jantar.

 20 de junho de 2017
7 min de leitura

Pule o jantar - Veja como perder até 4 quilos

Vocês sabem que não existe milagre, né? Se você quer perder peso, precisa comer menos calorias do que seu corpo precisa. E uma nova onda que está fazendo sucesso entre famosas norte-americanas, como  Oprah ou Blake Lively, é o de pular as refeições da noite, a chamada No Dinner Diet ou dieta sem jantar!

O princípio é claro: se você corta uma refeição, consequentemente está diminuindo calorias e, assim,  vai, indiscutivelmente, perder peso. Simples, não é?Hum…nem tanto! Porque o perigo é você ficar com muita fome ou comendo calorias muito abaixo de sua necessidade. Portanto, vamos entender melhor como a tal dieta funciona?

 

O que é a dieta sem jantar?

 Dieta sem jantar - Saiba como emagrecer sem jantar

Bem, o nome da dieta quase nos diz tudo, então, não é necessária muita adivinhação aqui. Mas, a questão vai além de simplesmente pular o jantar. A ideia básica é você comer como você costuma fazer, com a diferença de que a sua última refeição deve ser feita até as 19 horas! Após este horário, você só deve tomar água, quando tiver sede, e só voltar a comer no dia seguinte às 7 horas da manhã.

Após alguns dias nessa rotina, você deve passar sua última refeição para as 18 horas e, ao se acostumar com esse novo horário, o último desafio: passar sua última refeição para as 17 horas.

Depois de fazer esta dieta por dez dias, os adeptos do novo plano alimentar garantem que o seu corpo se acostuma e você pode perder até quatro quilos rapidamente.

 

Por que funciona

Além da questão de pular a refeição, o fato de você jejuar (isso a qualquer momento do dia) alivia o fígado, e todos sabemos que, quando o fígado é aliviado de toxinas, ele usa automaticamente sua força para perda de peso, queimando gordura. Este é o mesmo princípio utilizado na dieta do jejum intermitente, que já comentamos aqui no artigo Jejum intermitente não é dieta é estilo de alimentação.

Outra vantagem que o ajuda a perder peso é que, como você fica muito tempo em jejum, com o passar dos dias, cumprindo o plano, o seu corpo se acostuma e se satisfaz com porções menores; logo, você começa a comer menos!

Mas aí você vai questionar: Isso posso fazer a qualquer hora do dia! Por que pular exatamente o jantar? A questão é comprovadamente o jantar, pois é a refeição na qual mais abusamos, por isso, a escolha.

 

E nas outras refeições?

Para muitos, o jantar é a maior refeição do dia e pulá-lo pode levá-lo a economizar as 500 calorias que você precisa para perder o peso. No entanto, esta estratégia só funciona se você não compensar as calorias perdidas no jantar comendo mais no café da manhã, no almoço e lanches. Para manter as calorias sob controle, distribua-as de modo uniforme entre o café da manhã e o almoço e deixe algumas centenas de calorias para lanches. Por exemplo, em uma dieta de perda de peso de 1.600 calorias, você comeria 600 calorias no café da manhã e almoço, e tem 400 calorias para distribuir entre dois lanches.

 

Qual cardápio adotar

Em uma dieta de perda de peso reduzida em calorias, você tem menos calorias para obter todos os nutrientes de que seu corpo precisa para uma boa saúde. Deixar o jantar omite uma oportunidade de refeição, o que significa que é necessário garantir que o café da manhã e o almoço consistam em alimentos saudáveis ​​e ricos em nutrientes que o preencham sem excesso de calorias. Para dar ao seu corpo o que ele precisa, coma principalmente frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas magras, produtos lácteos com baixo teor de gordura e gorduras saudáveis.

Por exemplo, um café da manhã equilibrado de 600 calorias pode incluir ¾ de xícara de cereal integral, sem açúcar, com uma xícara de leite desnatado e uma banana em fatias médias, juntamente com dois ovos cozidos e uma fatia de torrada integral com uma colher de sopa de manteiga de amendoim.

Para o almoço, quatro xícaras de alface cobertas com salmão grelhado, dez nozes picadas e duas colheres de sopa de molho italiano com baixo teor de gordura, e de sobremesa uma pera de tamanho médio e um recipiente de sete onças de baunilha sem gordura ou um iogurte grego.

O tempo entre o almoço e o café da manhã do dia seguinte é muito longo para ficar sem comer, por isso é importante que você faça lanches, até o horário limite das 19 horas. Tal como acontece com o café da manhã e o almoço, preencha seus lanches com alimentos que contêm baixas calorias, e que são ricos em fibras, para manter a fome longe. Quando comer os lanches? Depende de você. O tempo de consumo de calorias não importa tanto quanto o número geral, ao se tratar de perda de peso, de acordo com WeightLossResources.co.uk. Você pode, por exemplo, tomar um lanche no meio da tarde e depois novamente próximo do horário limite.

As boas opções de lanches que ficam dentro do intervalo de calorias incluem uma colher de sopa de manteiga de amendoim e uma maçã média, uma xícara de sopa de vegetais com cinco bolachas de grãos inteiros, uma pequena batata assada coberta com 1/2 xícara de brócolis cozidos e/ou três xícaras de pipoca com um copo de leite sem gordura.

Dieta sem jantar - sete passos para emagrecer

 

Os riscos da dieta

Aqueles que são contra a dieta sem jantar afirmam que passar longos períodos de tempo sem comer faz com que você fique com muita fome, o que pode levá-lo a comer em excesso e bloquear sua perda de peso, ou causar até mesmo ganho de peso. Além disso, segundo eles, saltar refeições pode resultar em ingerir poucas calorias, o que também não é saudável. Eles afirmam ainda que não comer o suficiente retarda o seu metabolismo, o qual é responsável pela queima de calorias. Um metabolismo mais lento significa perda de peso mais lenta ou nenhuma perda de peso.

Por isso, como eu sempre falo aqui, o meu objetivo nesta seção do meu blog é apresentar tudo o que rola no mundo das dietas para ajudá-lo com informações relevantes, com a finalidade de que você adote o melhor plano de alimentação para a sua necessidade.

Mas sempre ter acompanhamento médico e nutricional. Afinal, mais importante que uma silhueta perfeita é a sua saúde!

 

Leia também:

Jejum intermitente não é dieta é estilo de alimentação

Dieta Ravenna: uma nova postura perante a comida

Dieta da abobora promete resultados rápidos e consistentes

 

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci