Fitness

Pronto para malhar?

Entenda a importância do alongamento e do aquecimento para a atividade física e prepare seu corpo para um treino saudável e sem risco de lesões.

 14 de novembro de 2015
3 min de leitura

Pronto para malhar?

Todo corpo, ao iniciar uma atividade física, necessita de uma preparação.  Afinal, ao sair do quase repouso para uma ação mais intensa, é preciso aquecer os músculos e ajustá-los para esta nova situação.

E é aí que o aquecimento e o alongamento entram!

O aquecimento é realizado para lubrificar as articulações e avisar ao corpo que um estímulo será iniciado. Ele é dividido em duas etapas: aquecimento geral, quando realizamos atividades com o objetivo principal de elevar a temperatura corporal; e o alongamento específico, que deve ser realizado após o geral e com o intuito de prevenir lesões e tirar o corpo do estado inicial para o movimento.

Uma vez “aquecidos”, partimos para o alongamento, que também é dividido em duas vertentes: o estático e o dinâmico.

O alongamento estático está sendo cada vez menos utilizado, porque, como deve ser feito após o aquecimento, acaba sendo pouco produtivo, pois abaixa a frequência que o aquecimento acabou de elevar.

Por isso, o alongamento mais efetivo é o dinâmico, pois prepara as articulações e os movimentos específicos para o trabalho físico do dia, sem que a frequência caia, dando continuidade ao trabalho.

Portanto, a diferença básica entre aquecimento e alongamento é que o primeiro prepara o seu corpo elevando a frequência cardíaca, enquanto o segundo prepara músculos e articulações para receberem o estímulo sem risco de lesões.

A duração do preparo de movimento deve ser de 5 a 10 minutos. No inverno, como o risco de lesões aumenta 40%, é preciso um tempo maior, dando ainda mais atenção ao aquecimento.

Quando falamos de preparo muscular para atividade física, a forma que julgo mais eficiente e individual é trabalhar o alongamento e aquecimento com exercícios de mobilidade e aquecimento específicos. Por exemplo, em um  treino, se a pessoa for realizar um trabalho de força nos membros inferiores, o ideal seria praticar um agachamento sem cargas em movimentos rápidos ou alongamentos dinâmicos específicos para cadeia posterior e anterior.

É importante lembrar que cada esporte assim como cada atleta têm sua especificidade no momento do preparo muscular.

Com um aquecimento e alongamento individualizados, você fica pronto para malhar e, principalmente, para evitar lesões.

Bom treino!

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci