Fitness

Xô, celulite!

O verão vem aí e será que ainda há tempo para tratar das indesejáveis celulites? Para dar esta e outras respostas, conversamos com a Dra. Áurea Lopes, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

 11 de novembro de 2015
6 min de leitura

Como acabar com a celulite

O verão está chegando e com ele a preocupação de boa parte das mulheres de estar com o corpo bonito para curtir a praia, a piscina e o sol. E uma das maiores vilãs para isto são as famosas celulites.

A LPG (Lipodistrofia Ginoide), vulgarmente conhecida como celulite, é a degeneração dos tecidos que dão sustentação à pele. Ela é causada por diversos fatores que, agindo em conjunto, acarretam a deficiência de nutrição das células. A celulite ocorre pelo acúmulo de líquido nos espaços entre as células, que é causado por diversos motivos como deficiências circulatórias, falta de nutrientes celulares, oxigenação adequada dos tecidos, além de questões hormonais.

Mas será que há solução para a celulite? Segundo a Dra. Áurea Lopes, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, há sim formas de evitá-la e também de combatê-la. “Mediante uma orientação adequada realizada por um especialista, faz-se uma avaliação do grau de celulite, por meio de um exame físico e avaliação hormonal. Após esta etapa, começamos a tratar a celulite de dentro pra fora, e não só de forma localizada, combatendo o excesso de peso, orientando quanto à atividade física, criando dietas específicas e fazendo uso de antioxidantes locais e sistêmicos, cremes no local, assim como tratamentos à base de diversas tecnologias que hoje dispomos (veja quadro abaixo)”, explica.

Os fatores que contribuem para que uma pessoa tenha mais ou menos celulite são diversos, desde alimentação e genética até alterações hormonais, ingestão de água, uso de pílulas e hábitos em geral do dia a dia.

Mudança de hábitos

Alguns alimentos como carne vermelha, manteiga, margarina, queijo, aperitivos cheios de gordura saturadas ou de gorduras trans, alimentos repletos de açúcar simples, tais como cookies, biscoitos e bolos , balas, doces e frituras são grandes causadores das celulites.

Por isso, os primeiros passos para reduzir os indesejáveis “furinhos” na pele devem ser a mudança nos hábitos alimentares e a prática de exercícios, entre outros. “Emagrecer, beber bastante água, tomar antioxidantes e diuréticos naturais, passar cremes no local, fazer drenagem linfática e fazer uso de várias tecnologias, como as de radiofrequência, infravermelho e ultrassom, podem acelerar o processo de tratamento”, ensina a Dra. Áurea.

Mas, segundo a médica, este é um processo que exige muita disciplina da paciente. “Não adianta fazer uma coisa só. É necessária a conscientização de que para ter um bom resultado é preciso se tratar de forma global, de dentro pra fora e de fora pra dentro. O tratamento é feito de uma forma personalizada, dependendo do grau da celulite e da necessidade de cada uma”, comenta.

Uma dica que as mulheres podem fazer em casa é usar luvas de fricção com esponja após o banho nas áreas afetadas. “Isso faz com que a região massageada melhore a circulação sanguínea, nutrindo mais o tecido naquela região, minimizando a aparência dos nódulos de gordura. Em seguida, ela deve aplicar um creme hidratante ou óleo e fazer massagem em movimentos circulares como se estivesse amassando um pão”, completa a especialista.

 

renata-aurea

Dra Áurea Lopes é uma das mais conceituadas dermatologistas do Brasil, especialista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. É uma das pioneiras, no Brasil, em novidades de tratamento da pele e equipamentos novos no mercado.

 

Conheça como funcionam algumas tecnologias que ajudam no tratamento.

I-Lipo

Trata-se de um laser de baixa intensidade usado para tratamento da gordura localizada, melhora de celulite e contorno corporal. É um método indolor e não invasivo.

 

Manthus

A tecnologia associa a técnica do ultrassom a uma corrente elétrica que elimina a gordura pela urina ou pelo suor, proporcionando a drenagem linfática da região a ser tratada. Pode ser usado em conjunto com o creme manipulado para potencializar os resultados.

Reaction

Reaction é uma tecnologia que combina três níveis de radiofrequência e um sistema de sucção à vácuo para melhorar ondulações da pele e flacidez tissular, estimulando o colágeno na derme. O grande diferencial do Reaction são os três níveis de radiofrequência, que podem ser aplicados separados ou combinados.

Velashape

É um aparelho para tratamento corporal que combina infravermelho, radiofrequência, sucção e massagem mecânica. Todos com o objetivo de revitalização da pele e diminuição do aspecto de “casca de laranja”.

Drenagem linfática

A drenagem linfática é uma massagem voltada à eliminação de líquidos acumulados nos tecidos e é indicada para todos os graus de celulite. Ela ajuda a eliminar pequenos nódulos de gordura aprisionados no tecido, combatendo a celulite.

Radiofrequência

Um dos tratamentos mais eficazes contra a celulite usa um aparelho que utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que provoca a movimentação das moléculas de água, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa.

Laser

O tratamento da celulite com laser necessita de anestesia local e é realizado por meio de duas pequenas incisões por onde são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho que aplica o laser. O procedimento ainda estimula a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e com maior elasticidade.

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci