fbpx Bom pra mamãe e pro bebê! - Renata Spallicci

Bom pra mamãe e pro bebê

RENATA SPALLICCI

Fitness

26/10/2015

Bom pra mamãe e pro bebê!

Com acompanhamento de um profissional especializado, muita hidratação e com as precauções necessárias, o barrigão não é desculpa para a futura mamãe fugir da atividade física.

Se você fizer uma pequena busca no Instagram pelo tema “grávida fitness” verá que muitas são as futuras mamães que, mesmo com o barrigão, mantêm uma rotina puxada de treinamentos. Um dos casos mais famosos é o da bailarina americana Mary Helen Bowers, de 34 anos, que continuou a treinar até a 39ª semana e postava, no Instagram, fotos em posições dificílimas de ballet clássico.

Mas será que tudo é realmente permitido durante a gravidez? Ou a grávida tem que se contentar somente com a famosa hidroginástica?

O educador físico Alexandre Alves, especialista em exercícios para gestantes, fala que a futura mamãe pode, sim, praticar vários tipos de modalidade. “Claro que um MMA, por exemplo, eu não aconselho”, descontrai, “mas atividades aeróbicas, musculação, exercícios funcionais, natação, com exceção do nado peito, são muito indicadas. Mas sempre com acompanhamento e as devidas adaptações”, alerta.

prof-ale

O professor, proprietário da Fitmommy, academia específica para gestantes e mulheres no pós-parto, afirma que a primeira coisa a se observar, quando se pensa em um programa para gestantes, é levar em conta a atividade que ela já praticava. “Cada gestante é única, por isso é importante um treinamento bem individualizado”, recomenda.

Mas, seja qual for o treinamento, o essencial é que a mulher se exercite, uma vez que, durante o período gestacional, o corpo passa por muitas mudanças hormonais que podem ser aliviadas pela prática correta de exercícios. “Fazemos um programa trimestral para cada um dos períodos da gestação que vai ajudá-la a diminuir vários desconfortos, como os inchaços e as dores na coluna, por exemplo, além de prepará-la melhor para o parto, fortalecendo a coluna, o abdômen e o assoalho pélvico”, esclarece. Com uma rotina de atividades físicas, a gestante também controla o peso e a pressão arterial, e previne a diabetes gestacional.

Denise Diandre está no quinto mês de sua segunda gravidez e, em ambas, não parou de se exercitar. Desta vez, optou por um treinamento específico para grávidas e está sentindo a diferença. “Se você faz o treino com um profissional capacitado, pode quebrar mitos de que o treino de grávida precisa ser leve. Eu, por exemplo, treino bem pesado, mas de forma segura. Sinto meu corpo superforte e estou tendo uma gravidez ótima”, revela.

Além das vantagens no período gestacional, os exercícios durante a gravidez ajudam a mulher a recuperar a forma mais rapidamente no pós-parto.

Este foi o caso de Helena Campos, que treinou pesado durante suas duas gestações, e colheu os frutos com uma recuperação rápida. “Em ambas as gestações, tive um pós-parto excelente e logo estava em forma de novo”, comenta.

E para não deixar mais dúvidas de que a atividade física com acompanhamento durante a gravidez é essencial, pesquisas demonstram que os bebês cujas mães se exercitaram durante a gestação, nascem com melhor capacidade pulmonar e melhor tônus muscular.

O exercício físico é fundamental em todas as fases da vida, e na gravidez não seria diferente. Com acompanhamento de um profissional especializado, muita hidratação e com as precauções necessárias, o barrigão não é desculpa para fugir da academia!

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br