Fitness

As vantagens de malhar juntinho com seu namorado

Malhar juntos! Que tal aproveitar esse Dia dos Namorados e firmar com sua cara metade uma parceria para entrarem em forma? Renata Spallicci conta quais as vantagens para os casais que malham juntos.

 11 de junho de 2016
7 min de leitura



Eu e o Toledo, meu namorado, raramente conseguimos conciliar nossos horários para malhar juntos e, além disso, fazemos práticas diferentes: eu a musculação e ele o crossfit. Mas sempre que conseguimos conciliar nossas agendas e treinar juntos, a gente curte e se diverte bastante! Principalmente quando estamos viajando, somos supercúmplices no treino um do outro para acharmos academia juntos e manter o ritmo de treinamento.

E essa prática é bastante comum entre casais que curtem esse nosso mundo fitness. Aliás, mesmo para quem não malha junto, mas gosta de levar um estilo de vida mais saudável, compartilhar o mesmo gosto pelos esportes com seu par é um grande aliado na busca por seus objetivos. Afinal, fica bem mais fácil levar uma vida regrada com relação a dietas e horários de treinos, se quem está do seu lado também estiver no mesmo “barco”, não é mesmo?

No meu caso, por exemplo, eu tenho a certeza de que não teria conseguido alcançar meus objetivos de treino, se o Toledo não tivesse me dado toda a força do mundo, me incentivado, e também não curtisse o mundo fitness.

O primeiro bom motivo para malhar juntos é a “motivação”. Vamos combinar, é bem mais gostoso ir pra academia acompanhada do seu amor do que encarar pesos, esteira e exercícios sem ter quem a gente ama por perto. Além disso, com a agenda corrida de quem mora nas grandes cidades como a gente, malhar em parceria possibilita mais tempo juntinhos.

O esporte também possibilita sair um pouco da rotina. Malhando juntos, a gente pode escolher praticar atividades ao ar livre, tendo um cenário até mais romântico. Isso permite que o casal fique menos entediado dos hábitos convencionais… Viu só? Malhar pode até ser um bom combustível para a relação. Eu e o Toledo, por exemplo, vamos bastante a parques para nos exercitar e curtir, juntos,  o pôr do sol ©©©!

 

ranata-narmorado2

Outra coisa que já observei é que casais que malham juntos ficam mais à vontade e quebram um pouco aquele gelo inicial de quem começa a frequentar uma academia. Ter alguém ao seu lado, que está dando aquela força, é um incentivo a mais para encarar os desafios.

 

Colocando a namorada em forma

renata-namorado3

 

E há histórias de pessoas que conseguiram, com a ajuda do companheiro ou companheira, até mesmo mudar seu estilo de vida. Esse é o caso, por exemplo, do treinador Rodrigo Biason Valerio e sua namorada, Rejane Lima. “Quando eu e Rejane no conhecemos, eu, como treinador e treinando há 16 anos, apresentei-lhe uma forma de trabalho e a proposta para iniciarmos um treinamento juntos, já que ela estava sedentária já fazia algum tempo. Iniciamos um trabalho levado muito a sério, praticando musculação e exercícios aeróbios (caminhada, corrida, etc.), e os resultados surgiram”, me contou.

Hoje, Rodrigo e Rejane formam um casal superbem resolvido em relação às buscas e objetivos de cada um. Os dois vão sempre com total foco para os treinamentos e colocam aquele momento em primeiro lugar. “Quem nos vê juntos pela primeira vez na academia chega a se assustar com relação ao nosso treinamento e disciplina, pois respeitamos sempre nossos horários, sem ficarmos fazendo séries de WhatsApp e de fotos. Em certos momentos, até ficamos bravos um com outro, tentando exigir um pouco mais de cada um, mas, logo após o término do treino e a missão do dia cumprida, aí sim, vamos curtir juntos como casal”, me explicou.

Outro aspecto que ajuda o casal estar no mesmo objetivo é em relação à dieta. Ambos seguem uma dieta bastante regrada e um ajuda o outro a manter o foco. “Conseguimos nos controlar somente pelo olhar. Um olha para o outro e já sabemos que estamos exagerando… e caímos na risada. É até engraçado”, contou o Rodrigo.

Mas, para amanhã, o Rodrigo confessou que eles preparam uma refeição diferente: um jantar à luz de velas, com um cardápio muito especial. “Estamos pensando em fazer, juntos, um macarrão integral gratinado, acompanhado de um bom vinho. E, para a  sobremesa, vamos fazer uma torta de maçã com canela proteica. Porém, sem deixar de treinar,  para poder exagerar um pouco mais no jantar.”

 

Estreia no Dia dos Namorados

renata-namorado4

Mas quem deve ter um dia dos namoradores realmente diferente amanhã é a Aline Almeida. Isso porque, neste dia 12, Aline estreia no Campeonato Paulista de Fisiculturismo. E sabem quem é o treinador dela? Sim, o namorado e personal trainer Thiago Caldeira. “Estamos nos preparando há um ano para esse grande dia”, me contou a Aline.

Diferentemente da história do Rodrigo e da Rejane, a Aline e o Thiago já treinavam mesmo antes de se conhecerem, mas ela acabou ganhando um treinador de brinde quando começaram a namorar. “Como o Thiago trabalha na área, ao malharmos juntos, ele consegue corrigir meus exercícios e prescrever o melhor treino para mim, e a gente sempre motiva um ao outro. Ele leva uma pequena desvantagem, pois acaba se concentrando mais em ajudar no meu treino do que nos próprios exercícios”, comentou.

Aline me contou que o treino tem sido uma maneira de eles se aproximarem e terem uma parceria ainda mais forte. “Gostamos desse estilo de vida. Quando viajamos, levantamos cedo, fazemos aeróbio, procuramos hotéis com academia para continuar treinando e procuramos não fugir da dieta.”

Está vendo? Motivos para treinar juntos e histórias bacanas não faltam. Então, que tal  aproveitar o Dia dos Namorados amanhã para fazer um “pacto” com sua cara metade para entrarem em forma juntinhos?

Gratidão por ter vocês comigo!

Renata Spallicci

Leia também:

 

Quinze benefícios surpreendentes da perda de peso

Dicas simples para entrar em forma

Como alcançar aquele abdômen trincado dos sonhos  

Treino de peitoral para mulheres também é essencial

Existe um horário certo para malhar

Dez exercícios para pernas lindas e torneadas

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci