fbpx Gravidez e carreira – No dia das mães, Renata Spallicci conta a história da gravidez da futura mamãe, Amanda Françoso e como ela conciliará carreira e maternodade

Amanda Françozo conta como concilia carreira e a gravidez!

RENATA SPALLICCI

Realização

10/05/2019

Desafio de ser mãe e conciliar com a carreira: Amanda Françoso conta as delícias e preocupações da maternidade

Gravides no auge da carreira –Amanda Françoso apresentadora da Rede Brasil conta sobre seus desafios com a maternidade

No próximo domingo, comemora-se o Dia das Mães! E eu aproveitei a proximidade da data para falar com uma amiga querida, a apresentadora Amanda Françoso, que está vivendo a primeira gestação, sobre suas expectativas, desejos, medos e anseios em relação à maternidade!

Amanda descobriu que estava grávida na passagem de 2018 para 2019. Ela conta que estava em Salvador para um trabalho da Rede Brasil quando começou a se sentir cansada, sonolenta e com enjoo. “Eu havia parado de tomar anticoncepcional há dois meses, com os planos de congelar meus óvulos. E, quando comecei a passar mal, não imaginava que poderia ser gravidez. Foi o meu noivo (o empresário Gregor Ferreira) que falou que deveria ser. Fiz o teste de farmácia e deu positivo, mas, ainda assim, não acreditei. Uns dez dias depois, chegando a São Paulo, fiz o exame de sangue e veio a confirmação.”

Surpresa e desafios

Ao ter o resultado definitivo, Amanda conta que além da surpresa, um misto de sentimentos a invadiu: “Será que estou preparada? Será que este é o momento certo? Como vou organizar minha vida para esta mudança”. Além destas perguntas que invadem a cabeça de boa parte das mulheres ao terem a notícia da gravidez, ela relata  que teve um princípio de gravidez bastante difícil. “Passei supermal nos primeiros meses”, conta.

Mas a gravidez não a impediu de continuar com sua rotina supercorrida. Além do programa “Vida e Estilo”, que apresenta diariamente ao meio-dia na Rede TV, ela passa a gravar no próximo mês o reality show “Revelações Sertanejo”, na TV Aparecida “Estou trabalhando de maneira semelhante  e depois da  gravidez continuarei na mesma rotina. Não posso me dar ao luxo de parar, então, devo improvisar um bercinho no camarim, contar com a ajuda de minha mãe e de uma profissional…E tocar a vida normalmente”, prevê.

Aos 39 anos, Amanda afirma que não teve receio de engravidar próxima dos 40 anos, mas que  a questão da idade acaba sendo um fator de pressão para a mulher. “Dos 37 aos 43 mais ou menos rola aquela coisa do agora ou nunca, sabe?” E até por isso deve batizar a sua filha com o nome Vitória!

Entrando no sexto mês de gravidez, Amanda ganhou cinco quilos e vem mantendo uma rotina de exercícios moderada. “Faço caminhadas umas três ou quatro vezes por semana, mas eu também já não fazia muito exercício, não”, confessa. A drenagem, duas vezes por semana também, está sendo sua aliada contra o inchaço comum na gravidez. “E tenho comido mais proteínas e evitado um pouco mais os carbos”, explica.

Mãe é um espelho

Mulher independente, guerreira e empoderada, Amanda espera que sua filha tenha essas mesmas características e que trace seu próprio caminho. “Quero passar os meus valores a ela, de respeito, honestidade, amor à família, mas quero que ela faça as  próprias escolhas e buscas, sendo uma grande mulher: forte, com garra e com ideais.”

Tendo em sua mãe grande amiga e parceira, ela conta que espera ter com a filha uma relação tão boa quanto tem com Dona Regina. “Ela é uma pessoa muito alegre que incentiva, apoia, e tenho certeza de que ficaremos ainda mais próximas agora com a chegada da Vitória.”

Feliz por estar próxima de sua primeira comemoração de Dia das Mães como mãe, ela conta que o que mais deseja é sabedoria, amor e paciência. “Ser mãe é uma bênção. E espero que esta data seja especial para todas nós. Passarei ao lado de minha mãe e de minha família, agradecendo a Deus e a Nossa Senhora, de quem sou devota, por essa oportunidade divina. E ano que vem, acredito que será ainda mais especial, porque terei Vitória ao meu lado”, finaliza.

À Amanda, à Dona Regina, à minha amada mãe e a todas as mamães que me seguem, que este dia 12 de maio seja de muita harmonia, paz e amor! E que todas possam comemorar a vitória da maternidade na vida de cada uma de vocês!  

Leia também:

O dilema feminino na maternidade

Um sonho em família

Bom para a mamãe e bom para o bebê

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br