Realização

Instituto Pró-Saber quer criar pessoas mais sensíveis e capazes de transformar seu mundo e o mundo a sua volta

6 min de leitura

Instituto Pró-Saber quer criar pessoas mais sensíveis e capazes de transformar seu mundo e o mundo a sua volta

Levando educação de qualidade para crianças e adolescentes da comunidade de Paraisópolis, ONG busca a transformação por meio da educação e cultura.

 23 de julho de 2016

Em 2011, Rafael era um garoto como tantos outros do bairro de Paraisópolis, a segunda maior comunidade carente de São Paulo. Para ele, havia  poucas oportunidades de ensino de qualidade e, consequentemente, chances menores de buscar uma carreira e uma faculdade. Mas naquele ano, ele iniciaria uma atividade que ia mudar sua vida. Como tantos outros jovens de sua região, Rafael começou a frequentar o Pró-Saber. Em 2015, um apoiador lhe financiou um curso de inglês, e o Rafael pôde fazer um intercâmbio de um mês na Espanha. Hoje, aquele menino, que há cinco anos tinha poucas perspectivas, cursa faculdade de Pedagogia e tem um promissor futuro pela frente.

A história de Rafael é uma entre tantas que só foram possíveis graças ao Pró-Saber, ONG fundada no Rio de Janeiro, em meados dos anos de 1980, e que desembarcou em São Paulo em 2003, com o objetivo de propor soluções para os problemas educacionais brasileiros.

A vinda do Pró-Saber para São Paulo está ligada à mudança da fundadora do projeto, Maria Cecília Lins, para a cidade paulista. “Passei a trabalhar em um projeto social em Paraisópolis. Percebendo que ali havia falta de equipamentos públicos na área de Educação Infantil, decidi abrir o Pró-Saber SP que, no início, se chamava Espaço Nossa Casa. Começamos atendendo a 18 alunos e hoje são 175 crianças e adolescentes inscritos em nossos programas”, comenta a diretora.

O Pró-Saber SP oferece, em parceria com escolas públicas de ensino, educação integral para crianças da comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo. A organização recebe, diariamente, dezenas de crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, que participam de diversas oficinas. São atividades de música, literatura, dança, jogos e brincadeiras, tudo pensado na melhoria do processo educacional e ampliação do currículo escolar aliadas à participação ativa da família e da comunidade.

“Um dos eixos principais do Pró-Saber SP é o desenvolvimento integral do ser humano. Fazemos isso por meio de um mergulho no universo literário, de aulas de artes, rodas de conversa e projetos que os alunos desenvolvem na comunidade”, conta Maria Cecília.

 

Três programas

O Pró-Saber oferece aos estudantes  programas totalmente gratuitos: o Integrando Saberes, para crianças em período inicial de alfabetização, em parceria com uma escola pública da comunidade; o Espaço de Protagonismo Social no qual os adolescentes podem desenvolver projetos próprios, além de receberem  aulas de percussão e terem  formado uma banda, a Tocando a Real, que se apresentou em vários locais de São Paulo. E, o mais recente deles, o Pró Ler e Brincar, iniciado neste ano, que incentiva a leitura por meio de brincadeiras. Seguindo a proposta dos novos espaços infantis, nos quais as crianças têm tempo para brincar livremente em um ambiente lúdico, com espaços planejados e adequados, a área possui tanque de areia, árvore, brinquedos de construção e fantasias. E, além de brincar,  as crianças são incentivadas à leitura. “Todos os dias, as crianças participam de roda de indicação literária, escolhem e devolvem os livros na nossa Biblioteca comunitária. Também escutam histórias contadas pelos educadores. Outro diferencial é que este programa tem a participação de jovens monitores que participam do Espaço de Protagonismo Social, e que se destacam, passando a desenvolver atividades para as crianças do Pró Ler e Brincar”, revela a diretora.

 

Reconhecimento e dificuldades

Em 2015, o excelente trabalho realizado pela ONG foi reconhecido: a organização foi uma das semifinalistas do Prêmio Itaú-Unicef. “Foi uma grande felicidade, pois é o reconhecimento de um trabalho que tem sido realizado, diariamente, há mais de 12 anos. Mas as maiores realizações acontecem no dia a dia, quando uma criança aprende a ler e se apaixona por livros, quando os adolescentes aprendem a trabalhar em equipe e não realizam mais bullying entre si, quando os pais vêm nos dizer que o filho pede para que leia um livro para ele”, enumera Maria Cecília.

Mas apesar do reconhecimento e das incontáveis  realizações, como boa parte das organizações sociais, o Pró-Saber SP trabalha diária e intensamente na mobilização de recursos, para que possa manter um trabalho de qualidade e excelência, a fim de assegurar os  direitos das crianças e dos adolescentes. “Atualmente, o desafio é garantir a sustentabilidade financeira da organização, pois os programas são totalmente gratuitos”, revela a fundadora e completa: “acreditamos que todo brasileiro precisa entender que o investimento na Educação é urgente. Não podemos esperar nem mais um minuto. O Brasil está ficando para trás. Precisamos, enquanto sociedade civil, nos indignar com a qualidade da Educação que está sendo ofertada para milhões de brasileiros. Não podemos mais aceitar  que um jovem não saiba ler nem escrever. No entanto, nossas ações não podem ser isoladas, temos que nos unir, criar uma rede de boas práticas entusiasmadas de Educação de qualidade”, defende Maria Cecília.

No final de junho, o Pró-Saber lançou o vídeo-documentário “Da Porta Para Dentro” onde conta algumas histórias que se entrelaçaram no Pró-Saber SP.

Quem sentir-se motivado a contribuir para a causa da Educação de qualidade, pode se tornar um apoiador, por meio de doações únicas ou mensais (www.prosabersp.org.br/index.php/doe-agora/), e também doar roupas e calçados usados e em bom estado para o  Bazar. E ainda  pode entrar em contato, para saber mais sobre as formas de apoio: 3739-3435, ou contato@prosabersp.org.br.

Conheça o vídeo-documentário Da Porta Para Dentro

 

Leia também:

Entre sapatilhas, polainas e confidências

Dançando para a vida: conheça o Projeto Ballet Paraisópolis

Busque seu propósito. Deixe  seu legado.

Rê Spallicci






Nova rede social foca na exclusividade Realização

Nova rede social foca na exclusividade
O renascimento do mundo pós-coronavírus? Realização

O renascimento do mundo pós-coronavírus?
Espalhando a semente do Fit do Bem Realização

Espalhando a semente do Fit do Bem
1 2


Open chat
Fale comigo!
Siga nas redes sociais

Política de Privacidade   Contato   Sobre


Open chat
Fale comigo!