fbpx Renata Spallicci - ceia de natal saudável– saiba como montar uma ceia com alimentos que não vão pesar na balança nem na sua consciência

RENATA SPALLICCI

Dietas

03/12/2019

Como fazer uma ceia saudável

Dicas de substituições e atitudes para você não enfiar o pé na jaca no final do ano

6 min de leitura

Gente! É real e oficial! Sim, o Natal  está batendo à nossa porta!! Mais um ano que passou muito depressa! E aí, sabe como é… Final de ano, festa da firma, ceia de natal,  de réveillon e a balança em janeiro…. Boommm!!! Opa, nada disso! Dá, sim, para ser feliz nas festas de final de ano, comer gostoso e não ficar com peso na consciência (e na balança) no começo do ano.

Quer saber como? Então, continue comigo neste artigo!

Planejando uma ceia de Natal mais leve

Antes mesmo de a gente pensar em um cardápio, vou lhe falar como você pode se planejar para as festas com pequenas atitudes que fazem toda a diferença.

Por exemplo, se você sabe que vai a uma festa à noite, e que haverá comidas não muito saudáveis por lá, opte por se alimentar com opções de baixa caloria durante o dia, para compensar com o que vai comer no jantar.

Na véspera do Natal, no dia 25, na ceia de Réveillon e em todas as demais datas festivas do mês, mantenha os horários regulares das demais refeições. Se você pular alguma refeição, chegará à próxima com mais fome, ficando muito mais difícil resistir às tentações.

Antes da ceia, faça um lanche com baixo valor calórico e rico em fibras. Dessa forma, você conseguirá ter maior controle com relação às quantidades ingeridas.

Durante todo o dia, beba bastante água; assim,  estará se hidratando e ajudando seu organismo a manter-se livre de quaisquer toxinas.

Na hora da ceia, coma “de entrada” um farto prato de salada. As fibras das hortaliças provocam  saciedade. Por fim, para ajudá-lo ainda mais a escolher de forma inteligente o que comer, dê uma espiada na quantidade de calorias dos principais alimentos servidos na ceia de Natal!

Troque ingredientes pesados

Se  você é que vai ficar responsável pela ceia, lembre-se de que muitos ingredientes usados nas receitas dos pratos típicos dessas ocasiões podem ser substituídos por outros mais saudáveis. Sempre vale a pena procurar por versões da receita que você quer fazer e prepará-la com ingredientes saudáveis.

Para o prato principal, prefira as carnes brancas, como peixes, frango, chester e peru. Opte pelos assados ou grelhados e retire qualquer pele e gordura.

O tender e o pernil são carnes que contêm mais gordura e colesterol. Cuidado com preparações como farofa, que, geralmente, são ricas em gordura. Uma porção de 100g de farofa possui, em média, 471 kcal!

Substitua o arroz branco pelo arroz integral ou por outros alimentos como lentilha ou grão-de-bico. Ao contrário do arroz branco, o arroz integral não passa pelo processo de refinamento, o que faz com que todos os ingredientes originais sejam mantidos em sua composição. Os cereais integrais também constituem uma boa fonte de fibras insolúveis que auxiliam no processo de digestão e acabam com a prisão de ventre.

Além disso, esses nutrientes diminuem a absorção de gordura pelas células, regulando os níveis de açúcar e insulina no sangue – tudo o que você precisa depois dessa comilança toda!

Fique de olho na quantidade

Comer de forma moderada é a principal ferramenta para não correr o risco de ganhar uns quilinhos, e uma maneira fácil de controlar é consumir porções menores dos alimentos.

Isso vai encorajá-lo a comer mais conscientemente, porque você vai ficar mais propenso a saborear cada pedaço, ao invés de comer colherada após colherada, sem pensar no que está consumindo.

Como há grande variedade de guloseimas de Natal, é melhor comer um pouquinho de tudo do que se acabar em um único prato.

Decida-se sobre a sobremesa

É difícil passar longe dos doces durante as festas de final de ano, não é mesmo? Mas, ao invés de não comer nada, a dica é escolher uma sobremesa da qual você gosta mais e ingerir uma porção moderada.

Ou então, opte pelas frutas frescas, que sempre fazem parte da decoração da mesa de Natal. Você também pode consumir as frutas secas, como ameixas e passas, apenas levando em conta a quantidade, pois esses alimentos possuem alta concentração de açúcar!

Uma boa dica é uma deliciosa salada de frutas com um toque de iogurte.

Muito além de uma data

Mas, de qualquer, forma, nada de neuras! Afinal, não será uma semana de comemoração que vai fazer você ganhar alguns centímetros na cintura, né? Como eu sempre falo, alimentação saudável e a prática de exercícios físicos com regularidade devem ser hábitos de vida! E, se você já os tem, não será uma semaninha que vai levar tudo água abaixo! Mas também não tô falando pra você enfiar o pé na jaca totalmente, hein?

Pois bem, a grande verdade é que o que você faz em termos de nutrição, durante o ano que antecede o mês de dezembro, terá um impacto muito maior sobre sua saúde em comparação às poucas semanas que antecedem o Natal.

Como sempre, equilíbrio e moderação são fundamentais, por isso não há necessidade de se sentir culpado por desfrutar de uma fatia de panetone, um par de taças de champanhe ou uma colher de mousse, desde que você consiga atingir um equilíbrio, seguindo essas dicas.

Leia também:

Um detox completo para as festas de final de ano

Mas, afinal, o que são os superalimentos

Os grãos superpoderosos

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br