fbpx transformação-digital – tudo sobre o evento que enfocou as mudanças no mercado de farma perante as transformações digitais - Renata Spallicci

RENATA SPALLICCI

Carreira

29/08/2019

Transformação digital na saúde

Saiba como foi minha participação na 7ª edição do F2F Talks e tudo que de mais importante rolou nas demais palestras.

Semana passada, eu participei como palestrante de um evento fantástico que agregou vários temas que eu amo: mercado digital, conteúdo e o mundo das indústrias farma. Realizado no espeço Cubo, aqui em São Paulo, o evento foi a 7ª edição do F2F Talks e teve como tema a “Transformação Digital no setor farmacêutico”. 

E agora vou contar tudo o que rolou de mais interessante em cada uma das palestras. Vamos lá?

Cruzando informações

O evento teve a abertura de Felipe Bogéa, sócio da F2F, agência de comunicação digital – organizadora e criadora do evento. Felipe falou da relevância da inserção digital nas empresas farmacêuticas e, em seguida, introduziu a primeira palestra da manhã, realizada por dois profissionais do Google: Anderson Silva e Tulio Coletti.

Como sempre, os números apresentados pelo Google são grandiosos e assustadores. Por exemplo: quanto tempo vocês acham que leva para termos um bilhão de buscas no Google? Um mês, uma semana, um dia? Não, uma manhã! Isso mesmo! A cada período, seja manhã, tarde ou noite, o Google contabiliza um bilhão de novas buscas!

E estas buscas são as mais variadas e diferentes possíveis, desde como fazer para emagrecer, até como ligar um determinado aparelho! No YouTube os números também são bem relevantes, já que hoje ele é o segundo maior buscador de informação do mundo (perdendo, óbvio, para o Google).

OK, Rê, e o que isso tem a ver com o mercado farma? – você deve estar se perguntando… Tem a ver, sim, pois  boa parte das buscas diz respeito a doenças, remédios, dúvidas sobre tratamentos, dores, sintomas… Pois é,  vivemos na época do “Dr. Google” onde, segundo pesquisas, procuramos saber sobre sintomas e doenças antes mesmo de perguntarmos aos médicos e familiares!

E, se isso já se tornou até um problema, já que nem sempre as fontes de respostas são confiáveis, pode ser também uma enorme janela de oportunidades para as indústrias farma conhecerem melhor os desejos de pacientes e também dos médicos.

Afinal, os médicos também usam o Google como fonte de consulta, Nesse caso, como podemos pensar modelos disruptivos que auxiliem médicos e pacientes nessas buscas e como aproveitar tais  oportunidades em nossa indústria?

Esta foi a primeira pergunta de muitas que se levantaram no  evento!

Automação em marketing

Depois da ótima palestra dos profissionais do Google, foi a vez do Felipe Bogéa, que é Professor Doutor na FGV, voltar para  proferir  sua apresentação. Com o tema Automação em Marketing, ele nos mostrou como é possível transformar as etapas da jornada do consumidor dentro da indústria farma em processos mecanizados, a fim de melhorar a experiência do cliente e liberar os profissionais da equipe para papéis mais estratégicos.

“As ferramentas geram uma série de oportunidades para, por exemplo, nutrir e qualificar prospects, realizar campanhas de mídia e mensurar resultados. Mas automatizar não é contratar ferramentas. É preciso planejar e investir em Identificar áreas e processos prioritários, alocar recursos(ferramentas + pessoas). realizar pilotos e ajustes na implantação”, revelou.

Achei ótima a fala dele, porque percebi que, realmente, um dos problemas ao promover a transformação digital nas empresas é que, por muitas vezes, focamos em contratar uma série de ferramentas e não nos preocupamos com o essencial, isto é,  seja,   planejar e usar a inteligência do time para maximizar resultados.

Uso de influenciadores digitais no mercado farma

Após o Felipe, foi a vez de minha apresentação que teve um aspecto bastante curioso. O objetivo era falar um pouco sobre o uso dos influenciadores digitais no mercado farma, e eu tenho uma experiência bastante diferente neste setor. Isso porque estou dos “dois lados da mesa” nessa questão, ou seja, sou diretora da Apsen e já utilizamos os influenciadores digitais em um dos nossos produtos, o Extima, além de ser uma influenciadora.

Por isso, foi bastante oportuno para todos os presentes poder conhecer os dois lados da moeda e saber como uma estratégia bem definida para o uso de influenciadores digitais pode ser uma excelente oportunidade para as indústrias farma falarem com públicos bastante específicos!

Levei aos presentes os números de sucesso do Extima e mostrei como o nosso planejamento foi exitoso e pioneiro no mercado.

Fiquei bastante feliz porque tive bastantes questionamentos após a palestra, mostrando o quanto as pessoas têm curiosidade sobre o tema e como realmente demos um passo inovador no mercado!

Glauco Meirelles, consultor do Sindusfarma, foi o palestrante que me sucedeu e trouxe dados interessantes sobre o setor e a transformação digital no mercado farmacêutico no Brasil e no mundo.

Ele trouxe dados que revelam uma mudança no perfil de todos os stakeholders do mercado farmacêutico e deu caminhos de como o segmento pode se reorganizar nesta nova realidade.

Mais do que “armas digitais”, Glauco acredita que precisamos ter “almas digitais”para promover essa mudança. “Alma digital é muito mais uma questão de ótica do que de fibra ótica. Significa ver nossa organização e carreiras sob  outro prisma, reavaliar processo/competências e quebrar paradigmas”, explicou.

Por fim, Heitor Almeida, da Cortex, empresa de Growth Intelligence, mostrou como a evolução da coleta de dados nos coloca em um novo momento dentro da revolução digital. “Os profissionais e empresas de sucesso se baseiam no uso de dados, com a finalidade de  simplificar a complexidade e gerar vantagem competitiva.”

Ou seja, mais do que simplesmente coletar dados, devemos saber escolhê-los e, principalmente, como utilizá-los nas tomadas de decisão. “Profissionais de todas as áreas terão que desenvolver a cultura analítica (capacidade de gerar análises e interpretar dados).”

Bom, estes foram algum dos insights que tivemos ao longo desta manhã tão rica em aprendizado e que queria compartilhar com vocês!

Quem me conhece imagina o quanto saí de lá borbulhando de ideias para aplicar em meu dia a dia!

Adoro essas oportunidades de troca de conhecimento, ensinando e aprendendo sempre!

Leia também:

Você está preparado para a transformação digital

Uma feliz convergência de histórias e propósitos.

Fórum ANH reúne profissionais da medicina e nutrição esportiva

Busque seu propósito. Deixe seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br