Gestão e Liderança

A importância de mostrar vulnerabilidade como líder

Mostrar vulnerabilidade é, na verdade, mostrar força.

 16 de dezembro de 2021
7 min de leitura

poder

À primeira vista, a vulnerabilidade é considerada  uma fraqueza, principalmente nos negócios. Quando se trata de liderança, a vulnerabilidade costuma ser tratada como uma desvantagem para os líderes. Os líderes sentem uma pressão constante para ter um desempenho mais alto do que os outros. Afinal,  se espera que os líderes tenham sempre uma visão diferenciada, decidam pelas  ações necessárias para torná-las realidade e respondam às difíceis questões ao longo do caminho.

Na verdade,  essa visão de vulnerabilidade impede os líderes de serem eficazes.

Quando ouvimos as histórias de pessoas de sucesso, frequentemente somos inspirados pelas circunstâncias e obstáculos que elas foram capazes de superar ao longo de seu caminho. Embora façamos um grande esforço para esconder nossa própria vulnerabilidade, na maioria das vezes, são os líderes vulneráveis, ​​que compartilham suas fraquezas e lutas, que consideramos mais autênticos, inspiradores e fáceis de conectar.

A vulnerabilidade não apenas nos permite sermos autênticos, mas também é uma ferramenta poderosa que podemos usar para fortalecer os outros. Então, como alguém pode utilizar sua vulnerabilidade como líder?

Aqui estão alguns pontos importantes:

O que é vulnerabilidade na liderança?

Ao contrário da crença popular, ser vulnerável não significa que você tenha de compartilhar seus segredos mais íntimos e pessoais e deixar que tudo se espalhe. Significa baixar a guarda e ser você mesmo.

Brene Brown, autora de livros best-sellers, incluindo “The Power of Vulnerability e Daring Greatly”, fez uma extensa pesquisa sobre vulnerabilidade. Brene argumenta que vulnerabilidade é ‘estar totalmente envolvido, se dedicar por completo a alguma coisa’.

Um líder que expressa vulnerabilidade é alguém que não se sente compelido a ser o primeiro a responder ou a ter uma ideia. Ser vulnerável como líder envolve tal mudança de mentalidade que permite que ele veja através dos olhos das pessoas que lidera. Ao fazer isso, os convida a se tornarem protagonistas. O resultado é que as pessoas se envolvem e se engajam mais.

Como ser vulnerável como líder

Embora sejamos todos vulneráveis ​​, expressar isso externamente de maneira significativa não é fácil nem necessariamente confortável. Aqui estão algumas maneiras de abrir a comunicação e a vulnerabilidade em suas práticas de liderança:

Reconheça sua própria vulnerabilidade

Ser vulnerável não o torna fraco, mas permite que você mostre às pessoas o seu eu autêntico.

Enfrentar sua própria dúvida é um ótimo ponto de partida para entrar em contato com a própria vulnerabilidade. Ninguém está livre de preocupações ou dúvidas o tempo todo.

Vulnerabilidade de prática

Mesmo que você perceba  o valor da vulnerabilidade, isso não se traduz automaticamente em ser capaz de transmiti-la livremente. A maioria de nós precisa praticar a vulnerabilidade, porque estamos acostumados a fazer o oposto. Trabalhe esses aspecto sendo um ouvinte ativo e não se preocupando em dizer a coisa certa.

Não tenha medo de admitir que não tem todas as respostas ou que está errado. Às vezes, a coisa mais ousada que um líder pode fazer é ouvir e realmente escutar  as ideias e respostas das outras pessoas.

Usando a vulnerabilidade como uma superpotência

Líderes emocionalmente inteligentes reconhecem a vulnerabilidade como uma ferramenta poderosa, uma vez que , estando  em contato com sua vulnerabilidade e a expressando de maneira adequada, nos momentos certos, para as pessoas certas, terão maior apoio de seus seguidores, além de fortalecê-los e inspirá-los.

Aqui estão alguns benefícios poderosos que os líderes vulneráveis ​​experimentam:

Conexões Significativas

Ao abraçar os momentos de vulnerabilidade, os líderes podem formar conexões mais genuínas. Mesmo que pareça desconfortável, ele retrata o líder como uma pessoa real em vez de um robô, ou seja, alguém que pode ser identificado.

Maior Inovação

Embora os líderes tenham um papel importante a desempenhar, ao absorverem o medo e a incerteza, além de expressarem corajosamente a vulnerabilidade,  permite que liderem com autenticidade. Isso promove uma cultura de mentalidade de crescimento nas organizações, criando uma sensação de segurança psicológica, propiciando  que os funcionários ultrapassem sua zona de conforto e assumam riscos. Ao enfrentar a incerteza com abertura e vontade de aprender, os líderes vulneráveis ​​e suas equipes se preparam para inovar ainda mais.

Aceitando ajuda

Geralmente, os líderes acham um desafio delegar uma parte de seu trabalho a outras pessoas, pois que significa admitir  que eles têm muito a fazer ou que outras pessoas podes ser mais adequadas para a tarefa, naquele momento.,  Ao abrir mão e permitir que outra pessoa assuma uma parte da responsabilidade, os líderes demonstram confiança em sua equipe e compartilham sua visão. Também permite que eles se concentrem em seus pontos fortes e aproveitem as contribuições de outras pessoas, em vez de lutar sozinho contra suas fraquezas.

Diminuindo a tensão

Expressar vulnerabilidade ta,bem possibilita  que as pessoas falem livremente sobre tópicos que, de outra forma, seriam evitados de maneira embaraçosa.  O resultado é maior abertura e diminuição da tensão nos ambientes de trabalho (e para os próprios líderes).

Maior autoconsciência

Quando os líderes identificam suas vulnerabilidades e as expressam de maneira adequada, eles podem se tornar mais autoconscientes e menos isolados.

Identificando Problemas Mais Rapidamente

Ao criar um ambiente de trabalho mais aberto e comunicativo, por meio de suas próprias vulnerabilidades, os líderes podem descobrir os problemas mais rapidamente. Então, as pessoas são mais propensas a apresentar problemas e admitir seus erros, se tiverem menos medo de fazê-lo. A vulnerabilidade estimula, pois, a colaboração, o aprendizado e o crescimento, em vez do medo, do encobrimento e da culpa.

Embora possa parecer paradoxal, mostrar vulnerabilidade é, na verdade, mostrar força. Exibir tal autenticidade e falar a verdade sobre vulnerabilidades é a essência de liderar com uma mentalidade de crescimento. A vulnerabilidade é, de fato, uma superpotência, e os líderes devem dedicar algum tempo para aprender como e quando usá-la para capacitar aqueles que lideram.

Leia também:

A arte de saber ouvir

Tenha a coragem de ser vulnerável e imperfeita!

Busque ser corajosa e não perfeita

Busque seu propósito. Deixe o seu legado.

Rê Spallicci








Abrir Conversa
Fale comigo!
Abrir Conversa
Fale comigo!