fbpx Renata Spallicci - academia pós-coronavirus – como será a academia no pós-coronavirus

Como voltar às academias pós reabertura?

RENATA SPALLICCI

Saúde

10/06/2020

Como voltar às academias pós reabertura?

Saiba que protocolos deverão ser seguidos para voltar às academias com segurança.

6 min de leitura

Academias e estúdios de fitness foram algumas das primeiras empresas a fechar suas portas, quando a pandemia do COVID-19 atingiu o País, e até agora  não há nenhum plano de reabertura, na maioria dos estados.

Mas uma coisa é certa: seja quando for, as academias terão de aderir a rigorosos protocolos físicos de distanciamento e saneamento.  No momento, não está claro quais serão esses protocolos específicos, mas é provável que o número de pessoas permitidas em uma academia seja bastante limitado, e que os alunos tenham que manter um metro e meio de distância durante o exercício e, provavelmente, até precisem usar máscara.

Porém,  mesmo com todos os cuidados, a pergunta que fica é: será seguro?

Exercícios ao ar livre

Exercícios ao ar livre

Antes de responder diretamente à pergunta sobre as academias, é importante ressaltar que a maioria dos especialistas indica que a melhor opção para os exercícios pós-pandemia seja em lugares ao ar livre, longe das aglomerações.

Por mais que todos estejamos ansiosos para sair de casa e voltar à sociedade, talvez neste momento o melhor a fazer seja, realmente, adotar uma nova rotina de exercícios.

E isso pode até incluir aulas em grupos, mas de preferência em lugares arejados e externos, onde o distanciamento social é mais fácil de ser realizado e, assim,   as partículas de suor e de saliva, caso alguém tussa ou espirre, possam se dispersar mais facilmente.

Claro que quem mora em áreas urbanas densas, como São Paulo, por exemplo,  pode ter dificuldade de ir até parques e praças. Então, nesse caso, a solução terá que ser voltar para uma academia, mas apenas quando você tiver esgotado as outras opções,  observando as seguintes instruções de segurança:

Protocolos a seguir

Se você não tiver outra opção a não ser ir a uma academia, tente  ir em horários alternativos, quando é provável que o local esteja menos cheio.Pode ser de manhã bem cedinho, ou tarde da noite – e use sua máscara, enquanto você se exercitar.

Além disso, o ideal é que evite aulas em grupo, pois você, provavelmente, estará em um espaço menor e próximo a mais pessoas.

Ao usar o equipamento em uma academia, fique atento:  limpe-o antes e depois de usá-lo. Quando suamos, limpamos o rosto e… depois tocamos os equipamentos. Portanto estamos constantemente expondo e saturando o dispositivo com germes.Por isso,  limpe o equipamento antes e depois, mesmo se a pessoa que o tenha usado  antes de você estiver totalmente bem. Lembre-se de que  25% a 50% das pessoas infectadas podem não ter sintomas, mas ainda transmitir o vírus.

Para as aulas em grupos

Ainda é tudo baseado em projeções e hipóteses,  e não sabemos ao certo como serão os protocolos de liberação das academias e se as aulas em grupo serão ou não permitidas em um primeiro momento.

Mas, caso elas voltem, é certo que alunos e professores deverão usar máscaras para minimizar a exposição.

Além disso, outros pontos devem ser observados:

Ventilação: Idealmente, as academias devem priorizar o fluxo de ar abrindo janelas, usando um ventilador ou abrindo as portas para manter o ar em movimento.

Espaçamento: A turma não deve estar completa, e as pessoas devem poder manter distância sem dificuldade.

Mudanças nos espaços físicos e na estrutura de limpeza

Outra medida que, provavelmente, as academias terão que adotar é mudar o layout de suas áreas de exercícios, deixando um maior espaçamento entre os aparelhos e  sinalizando bem as distâncias seguras a serem  mantidas.

Se já estamos nos acostumando a seguir tal tipo de sinalização em supermercados, é provável que o façamos também nas academias.  

Aliado a isso, as academias terão que investir dobrado na limpeza dos aparelhos e dos espaços de aula, o que talvez faça com que as grades de aula também sejam reduzidas a fim de  que haja maior espaço entre uma classe e outra, aumentando a “janela” para completa higienização do local.

Um ponto especial de atenção devem ser as piscinas. Elas devem ter um distanciamento de três metros entre os usuários, o que tornará as aulas com números bem reduzidos e bastante concorridas (corre para pegara senha…rs).

Bom, é isso! Enquanto aguardamos os próximos passos das autoridades e a definição dos protocolos obrigatórios, vamos nos preparando para estarmos prontos para o novo normal, assim que  as atividades esportivas forem liberadas.

Até lá é essencial que mantenhamos uma rotina de atividades físicas, seja na sala de casa ou dando uma caminhada no quarteirão,  em horários de pouca movimentação. Além da questão física, manter o corpo em movimento é essencial para o seu bem- estar mental e psíquico, por isso, não deixe de se movimentar! Lembre-se: a pandemia passará, e é nosso dever cuidar para que os  reflexos sejam os menores possíveis em nossa sanidade física e mental!

Leia também:

Estamos preparados para voltar às nossas rotinas?

Reforce a sua imunidade contra o coronavirus

Prática de exercícios é essencial na quarentena

Busque seu propósito. Deixe o seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Atleta profissional fisiculturismo WBFF, executiva, empresaria, coach, influenciadora digital, escritora, palestrante motivacional e realizadora social fundadora do movimento Fit do Bem.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br