A nutrição esportiva e seus ensinamentos

RENATA SPALLICCI

Saúde

30/07/2020

A nutrição esportiva e seus ensinamentos

Um bate-papo com Mirtes Stancanelli, nutricionista do Palmeiras, sobre a importância da alimentação para atletas de alta perfomance

9 min de leitura

Ser um atleta de alto desempenho hoje em dia vai muito além de ter uma excelente performance dentro de campo, de quadra, do ringue, ou seja onde for... O que vemos na hora do jogo é apenas uma parte do trabalho realizado pelo atleta, e também por uma equipe multidisciplinar, hoje essencial para todos os esportes.

E um dos pilares dessa multidisciplinaridade é a nutrição esportiva que, a cada dia, ganha mais e mais espaço e importância no resultado final de equipe e atletas. E, para falar um pouco sobre essa importância, e sobre os desafios e rumos da nutrição esportiva, conversei com Mirtes Stancanelli, nutricionista da equipe de futebol profissional do Palmeiras e uma das maiores especialistas do assunto no Brasil.   

Mais do que alimentar, ensinar

Mais do que alimentar, ensinar

Renata Spallicci – Qual a importância da alimentação correta para o atleta de alto desempenho?

Mirtes Stancanelli – É importante entendermos que a alimentação correta vem de um conhecimento que o atleta precisa ter. Por isso, antes de tudo, é preciso desenvolver esse conhecimento nele. Com tal saber, ele poderá ter tomadas de decisão que vão lhe possibilitar a escolha mais correta dos alimentos. Uma escolha que priorize a ingestão de nutrientes que deem ao corpo um potencial de funcionalidade. Esse conhecimento propiciará  optar por  uma alimentação em tempo e quantidade corretas, e em harmonização de vitaminas, minerais, fibras, água, carboidratos, proteínas, lipídios e polifenóis certos. Essa escolha tem que trazer ao atleta uma energia suficiente para atender às diferentes demandas em distintos ciclos de treinamento, entendendo que essa energia é essencial para manter a contração muscular e o sistema eficiente e fortalecido. A organização de energia deve levar em conta a organização de micro e macro nutrientes, gerando um padrão nutricional que atenda a essas necessidades, levando o atleta a uma composição bioquímica e metabólica eficiente.

A alimentação correta faz ainda com que o atleta tenha uma massa corporal ideal, sendo que temos de trabalhar esse aspecto visando aos objetivos de longo prazo, que é a formação mais estrutural do atleta, além de objetivos mais curtos. A alimentação também é fundamental  nas escolhas antes, durante e pós-treinamentos, e na manutenção hídrica.  

Com tudo isso, quais as vantagens que a gente obtém? Maximizamos o desempenho, retardamos a fadiga, recuperamos o atleta o quanto antes e alterarmos o físico dele  quando necessário, melhorando a sua saúde.

Renata Spallicci – Como a alimentação pode influenciar a performance de um atleta?

Mirtes Stancanelli – Quando um atleta faz um esforço, há o rompimento de fibras musculares e, consequentemente, todo um processo inflamatório que precisa ser controlado. E o alimento é essencial nesse sentido. Existem os polifenóis alimentares, sobretudo em frutas e vegetais, tais como chá, café, uva, cacau, soja, mirtilo, cereja, romã, maçã, tomate, entre outros, que agem na inflamação do rompimento muscular ajudando em uma recuperação mais rápida. Além disso, é a alimentação que fornece toda a energia necessária e dá força ao sistema imune. Os antioxidantes presentes nos alimentos auxiliam na questão da dor muscular, o bioma intestinal gera saúde óssea, neural, do sistema imune, e esse bioma está intrinsecamente ligado à alimentação.

Outro fator essencial se dá na recuperação das reservas pós-treinamento e competição. Aí estamos falando de reservas de creatina, glicogênio e gordura que precisam ser repostas o mais rapidamente possível, para que o corpo logo possa estar pronto para um novo estímulo. Outro fator em que a alimentação influencia diretamente é na qualidade do sono do atleta. Os estímulos físicos geram uma carga de cortisol e de adrenalina que podem ser atenuados com um alimentação correta, o que vai possibilitar ao atleta dormir melhor, o que é primordial  para uma boa performance.

Renata Spallicci – Como foi o desafio dos atletas se alimentando corretamente no período da pandemia?

Mirtes Stancanelli – A pandemia foi uma situação totalmente fora do nosso contexto. Ao isolamento por um mês já estamos acostumados, no período de férias, mas 90 dias foi algo inédito. Isso sem falar em toda a questão da ansiedade e do estresse provocados por uma situação totalmente nova. E a gente sabe que um dos descontos da ansiedade é a alimentação… Mas, de  certa forma, tivemos a seguinte situação: apesar desta ansiedade, todos tinham uma consciência da necessidade de se manter em forma porque não estavam treinando na intensidade normal. E o que ajudou muito foi o que falamos no início do nosso papo: a necessidade de compartilhar conhecimento com o atleta. Neste momento da pandemia é que pudemos sentir o quanto é importante este processo de capacitação que desenvolvemos com os atletas, pois,  apesar de eles estarem isolados dos cuidados do clube, puderam manter o processo de nutrição. Porque quando ele conhece, ele toma posse do sistema, e aí, ele consegue se manter no estilo correto. E foi isso que aconteceu em grande parte! Não tivemos casos de atletas ganhando três, quatro, cinco quilos. A mudança corporal dos atletas foi de um quilo e dois quilos no máximo, o que só com o treinamento volta ao normal.

Renata Spallicci – E com o retorno, que tipo de dieta é possível para acelerar a readaptação dos atletas?

Mirtes Stancanelli – O que basicamente eu fiz para acelerar a readaptação foi estimular e dar um suporte maior ao sistema imune… de nutrientes para estimular isso. Fiz um aumento das reservas de creatina, aumento da carga de carboidrato para aumentar a reserva de glicogênio e mudei alguns nutrientes para ajudar a recuperar o processo inflamatório, mas de forma bem sutil. Durante os treinamentos, controlamos muito o processo de recuperação com um blend de proteína.

Renata Spallicci – Em relação ao covid, alguma mudança nutricional para aumentar a imunidade dos atletas?

Mirtes Stancanelli – Vários processos de imunidade dependem de uma série de nutrientes. Neste sentido, mandei um manualzinho para todos os atletas, orientando como  poderiam se alimentar para manter o sistema imune em alta, com muita variedade de legumes e verduras, grãos, sucos diferenciados, aveia, granola, iogurte, coalhada, etc.  

Renata Spallicci –Como você vê o futuro da nutrição esportiva?

Mirtes Stancanelli – A ciência da nutrição está sendo efetivamente muito estudada e, cada vez mais, temos aspectos alimentares que podem ajudar muito as pessoas na administração da saúde, e vejo que este processo de descoberta e de estudos é algo sem fim. Há milhões de alimentos para serem estudados, a ação de cada nutriente no corpo… Para se ter uma ideia, há coisa de cinco anos, conhecíamos cinco mil polifenóis, hoje são nove mil descobertos… E ainda não se sabe a ação de todos eles.

Se pegarmos  outro pilar, que é o da tecnologia, vejo cada vez mais a criação de aplicativos com consciência que vão nos ajudar a gerir a saúde alimentar, por meio da inteligência artificial. Vamos ter aplicativo que vai nos ajudar a comer  cada alimento no horário certo, a chamada crononutrição. Vamos ter aplicativos que vão gerar análises de sensores dentro do seu corpo que vão analisar a quantidade de nutrientes que ingerimos. Enfim, há muita tecnologia em desenvolvimento, e que podem ajudar muito a nutrição.

Na questão dos suplementos, temos uma gama de indústrias pegando suplementos alimentares e os deixando de forma mais natural possível, o que vai também melhorar a ação desses produtos, ajudando os processos de recuperação, por meio desses nutrientes manipuláveis.

Acredito também muito no aumento do conhecimento adequado sobre nutrição que vai ajudar as pessoas a se alimentarem melhor e de acordo com o seu corpo e suas necessidades.     

As avaliações de nutrição genética, de bioma, entre outras, estão cada vez mais em desenvolvimento, e acredito que, cada vez mais, elas serão bem específicas e nos darão um mapa muito completo do nosso estado nutricional.

Gente! Quantos ensinamentos que a Mirtes sempre nos proporciona! Ela esteve com a gente no evento da ANH (Action, Nutritionand Health – Ação, Nutrição e Saúde) – que realizei em conjunto coma Apsen e, por isso, fiz questão de aprofundar alguns temas aqui com ela para poder dividir essa riqueza de assuntos com vocês! Gratidão, Mirtes, por compartilhar seu conhecimento. Espero que vocês tenham curtido e aprendido tanto quanto eu!

Leia também:
Apsen realiza segundo evento do ANH

A tecnologia a serviço da saúde e da humanidade

Os gadgets no esporte

Busque seu propósito. Deixe o seu legado.

Rê Spallicci

Renata Spallicci

Empresária, escritora, palestrante, coach e influenciadora digital, empreendedora, rainha de bateria da Barroca Zona Sul e campeã de fisiculturismo, Renata é inspiração para que as pessoas busquem, sempre, se autoconhecer e assim superar os desafios e trilhar a jornada rumo à realização dos seus sonhos.

renataspallicci.com.br
fitdobem.com.br
dosonhoarealizacao. com.br